Ibope: Dilma Rousseff tem 6 pontos de vantagem sobre Aécio Neves

Na pesquisa dos votos válidos, Dilma está com 53% das intenções de votos. Já Aécio Neves está com 47%

Por O Dia

Rio - As últimas pesquisas de intenção de voto do Ibope e do Datafolha mostram que Dilma Rousseff (PT) mantém a vantagem sobre Aécio Neves (PSDB). O Ibope trouxe Dilma à frente de Aécio, com 53% dos votos válidos, seis pontos percentuais à frente do senador, que tem 47% das intenções de voto. Na quarta-feira, a petista tinha oito pontos de vantagem. Votos brancos e nulos representam 5% e os indecisos somam 3%.

Nos votos totais, que contam com os eleitores indecisos e os que pretendem votar branco ou nulo, Dilma Rousseff tem 49% e Aécio Neves tem 43%. No levantamento do Datafolha, o cenário mostra um empate técnico entre os dois candidatos no limite da margem de erro. Numericamente, Dilma aparece na frente com 52%. Aécio tem 48% dos votos válidos. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

Pesquisas apontam vantagem para Dilma e Pezão%2C favoritos para conquistar reeleiçãoArte%3A O Dia Online

Na pesquisa divulgada pelo instituto na quinta-feira, Dilma tinha seis pontos de vantagem. Em relação ao levantamento, ela oscilou um ponto percentual para baixo e Aécio subiu um ponto.
No total de votos, a presidenta tem 49%, ante 43% do candidato tucano. Os votos brancos e nulos somam 5% e outros 5% ainda estão indecisos.

O Datafolha também mediu o índice de rejeição dos presidenciáveis. Dos entrevistados, 41% disseram que não votariam em Aécio Neves (ante 40% na pesquisa anterior) e 38% responderam que não elegeriam Dilma Rousseff (contra 39% apurados na sondagem anterior).

REGIÕES

O Ibope divulgou ainda a intenção de votos regionalizada. O instituto mostra que Aécio vence no Sudeste — que tem 44% do eleitorado — com 50% dos votos totais, contra 39% de Dilma. Ela tem ampla vantagem no Nordeste, liderando por 68% a 27%. Nas regiões Norte/Centro Oeste (Dilma 48% e Aécio 45%) e Sul (Dilma, 43%, e Aécio, 47%), há empate técnico.

Entre os entrevistados, 45% consideram o governo de Dilma ótimo ou bom, e 30% acham regular. Outros e 23% classificam a gestão como ruim ou péssima.

Últimas de _legado_Eleições 2014