TSE concede direito de resposta à Dilma no site da revista Veja

Pela decisão, o direito de resposta deve ser publicado imediatamente na página da revista na Internet

Por O Dia

Rio - O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Admar Gonzaga concedeu neste sábado direito de resposta à coligação Com a Força do Povo, que apoia a candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT), no site da revista Veja após divulgação de matéria com acusações à Dilma e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Com o título "Tudo o que você queria saber sobre o escândalo da Petrobras: Dilma e Lula sabiam”, a reportagem, publicada na noite de quinta-feira na Internet, cita suposto depoimento do doleiro Alberto Youssef em que ele teria dito que Dilma e Lula sabiam do esquema de corrupção na Petrobras.

A presidenta Dilma Rousseff foi a Porto Alegre para o último dia da campanha. Aécio Neves visitou o túmulo de seu avô Tancredo Neves%2C em São João Del ReiReuters

Pela decisão, o direito de resposta deve ser publicado imediatamente na página da revista na Internet. “Concedo a liminar para a veiculação do direito de resposta requestado e, assim, determinar à Editora Abril S.A. que insira, de imediato, independentemente de eventual recurso, no sítio eletrônico da Revista Veja na internet, no mesmo lugar e tamanho em que exibida a capa do periódico, bem como com a utilização de caracteres que permitam a ocupação de todo o espaço indicado”, decidiu o ministro.

A decisão sobre o direito de resposta não vale para a edição impressa da revista. O ministro deu prazo de 24 horas para que a Editora Abril apresente sua defesa.

Últimas de _legado_Eleições 2014