Por thiago.antunes

Rio - Cinquenta mil votos garantiram a vitória de Dilma Rousseff (PT) sobre Aécio Neves (PSDB) na capital do Rio de Janeiro. O resultado apertado torna a cidade ícone da polarização neste pleito, com 50,79% dos votos para petista, contra 49,21% do tucano.

É também exemplo da virada da presidenta reeleita, já que Marina Silva (PSB) ficara na frente no primeiro turno. A maior recuperação foi na Zona Oeste, onde a socialista se destacara, e Dilma venceu anteontem com 56% dos votos, 110 mil a mais do que Aécio. Marina transferiu seus votos para o tucano na Ilha do Governador, onde ele recebeu 55% dos votos, e em Jacarepaguá, onde derrotou Dilma por diferença de sete mil votos: 51,60% a 48,40%.

O senador teve mais votos também na Barra da Tijuca, no Recreio, no Grande Méier, na Grande Tijuca e na Zona Sul. Mas Dilma venceu nas zonas eleitorais de favelas nessas regiões. A presidenta ganhou no restante da Zona Norte, no Centro e na Zona Portuária.

Dilma vence na capitalArte%3A O Dia

Bairros como Bonsucesso, Madureira, Bangu, Santa Cruz e Campo Grande garantiram votações expressivas para Dilma. Na Zona Oeste, ela teve 56,95% da votação, e, na Zona Norte, obteve quase 60% do eleitorado. Na zona que compreende o Complexo do Alemão, por exemplo, ela conseguiu 68,04% dos votos. Na 190ª Zona Eleitoral, um resumo do acirramento nacional entre o tucano e a petista: a área, que compreende Irajá e Vicente de Carvalho, deu a vitória a Dilma por apenas 55 votos de diferença.

Em ‘replay’ do primeiro turno, o eleitorado de Aécio cresceu ainda mais em direção à orla: no total, 64,50% da Zona Sul e 75,25% da Barra da Tijuca votaram no tucano anteontem. A maior vantagem que ele teve voltou a ser em Ipanema, onde angariou 78,45% dos votos, 12 a mais do que recebeu no primeiro turno. No Jardim Botânico, no Leblon e em Copacabana, a votação também superou os 70%.

No ‘mar azul’, duas ‘ilhas’ vermelhas: Dilma venceu na zona eleitoral da Rocinha e do Vidigal, que abrange um trecho da Gávea (54,78% a 45,22%) e em parte de Laranjeiras (59,34% a 40,66%). Na região de Jacarepaguá, a presidenta venceu na 179ª Zona Eleitoral, que circunscreve as favelas da Cidade de Deus e de Rio das Pedras

Reportagem de Leandro Resende

Você pode gostar