Prefeita de Rio Bonito é cassada

A ação proposta pelo Ministério Público Federal aponta irregularidades na contratação de transporte para a rede de ensino durante o primeiro mandado de Solange Pereira

Por O Dia

Rio - O Tribunal Regional Federal (TRT) da 2ª Região decidiu pela cassação da prefeita de Rio Bonito, Solange Pereira (PMDB). Ela é acusada de improbidade administrativa por má gestão dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. O TRT também pediu a suspensão dos direitos políticos de Solange por seis anos. O PMDB vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF).

A ação proposta pelo Ministério Público Federal aponta irregularidades na contratação de transporte para a rede de ensino durante o primeiro mandado de Solange (2001 a 2004). Houve, segundo o órgão, emprego de verba federal em “desacordo” com a lei pois a prefeitura contratou transporte para professores, coordenadores e supervisores, quando o programa federal previa verbas apenas para alunos da área rural. Vice-prefeito da cidade, Anderson Tinoco (PSDB) disse estar pronto para assumir o cargo. “Rompi com Solange em fevereiro. Não concordei com muitas coisas do governo dela”, afirmou.

Últimas de _legado_Eleições 2014