Blatter lamenta ato de racismo a Balotelli e avisa: Fifa vai agir no caso

Atacante do Milan sofre com insultos da torcida da Roma

Por O Dia

Itália - O mundo do futebol mais uma vez teve de conviver com um ato de racismo. No domingo, durante a partida entre Roma e Milan, pelo Campeonato Italiano, o atacante Balotelli foi alvo de ofensas da torcida rival. Presidente da Fifa, Joseph Blatter lamentou o episódio e prometeu ação da entidade na tentativa de acabar com a discriminação.

"Soube que aconteceu um ato racista no Campeonato Italiano na noite de domingo. Tratar deste assunto é complexo, mas estamos engajados nisso. Não são apenas palavras. A Força-Tarefa Contra o Racismo e Discriminação é séria e empenhada com seus 209 membros", disse o dirigente pelo Twitter.

O jogo entre Roma e Milan chegou a ser interrompido pelo árbitro Gianluca Rocchi por causa das manifestações racistas. Balotelli, no primeiro tempo, também foi insultado e fez um sinal, com o dedo na boca, pedindo silêncio.

Últimas de Esporte