Por rafael.arantes
Rio - Sem poder contar com Dória, que se apresenta nesta quinta à Seleção sub-20, na segunda partida contra o CRB pela Copa do Brasil e nos primeiros cinco jogos do Brasileirão, Oswaldo de Oliveira não quer perder tempo para treinar a nova formação da defesa do Botafogo, a menos vazada do Carioca. Nesta quarta, ele já deu sinais de que Antônio Carlos está na frente de André Bahia e deverá assumir a vaga deixada pelo garoto.
Zagueiro vai voltar ao time titularDivulgação

O zagueiro começou a temporada como titular ao lado de Bolívar, mas uma lesão muscular o fez deixar a equipe e não voltar mais até a conquista do título estadual. Na Taça Guanabara, inclusive, ele e Seedorf quase saíram no tapa no intervalo da vitória de 4 a 2, de virada, sobre o Resende. O desentendimento já foi totalmente superado.

Além de Dória, Oswaldo terá outro desfalque no setor defensivo em breve. Jefferson, convocado para a disputa da Copa das Confederações, só participará do jogo de volta contra o CRB e da primeira rodada do Brasileiro, contra o Corinthians. Com relação ao seu substituto, não há mistério. Renan, que tem a confiança do grupo e da torcida, assumirá a meta.
Publicidade
No treino de ontem, Oswaldo de Oliveira comandou uma atividade tática num quadrado gigante no gramado de General Severiano e os destaques foram Seedorf e Rafael Marques. O herói da conquista do Carioca marcou um belo gol de bicicleta e arrancou aplausos dos torcedores presentes.
BOTA PODE JOGAR FORA DO RIO
Publicidade
A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) enviou ontem ao Botafogo uma autorização que dá ao clube o direito de mandar partidas fora do Rio enquanto o Engenhão estiver interditado e o Maracanã não puder ser utilizado.
O Botafogo já recebeu convites para disputar jogos em Juiz de Fora e no Mineirão, em Belo Horizonte, mas a diretoria ainda não tomou uma decisão.