Por fabio.klotz

Rio - Após a notícia de que uma liminar teria suspendido a realização do amistoso entre Brasil e Inglaterra no próximo domingo, para a reinauguração do Maracanã, o Governo do Estado já espera conseguir revogar a decisão da juíza Adriana Costa dos Santos. Em nota oficial, a entidade admite que em razão de uma 'falha burocrática', os laudos da Polícia Militar comprovando a boa condição do estádio não havia sido entregue para a Suderj.

Governo espera conseguir liberação para a partida no MaracanãDivulgação

Após encaminhar o laudo junto ao recurso do Estado ao plantão judiciário, a expectativa é de que a decisão seja revogada e que a realização da partida seja mantida para as 16h do próximo domingo. Confira a nota oficial do Governo do Estado do Rio:

"Todos os requisitos de segurança para o amistoso Brasil e Inglaterra foram cumpridos e, por uma falha burocrática, o laudo da PM que comprova o cumprimento das regras de segurança no Maracanã não havia sido entregue à Suderj.

O laudo será encaminhado com o recurso do Estado ao plantão Judiciário"

Você pode gostar