Por felippe.franco

Estados Unidos - A parceria entre LeBron James e Dwayne Wade garantiu mais um título ao Miami Heat. Sob a batuta da dupla, o Heat bateu, nesta quinta-feira, o San Antonio Spurs por 95 a 88, fechou a série melhor de 7 (4 a 3) e foi campeão da NBA. É a terceira conquista da franquia, sendo a segunda consecutiva.

LeBron James teve uma atuação de galaReuters

A dupla LeBron e Wade anotou 50 pontos e contou com auxílio de Shane Battier, autor de 18 pontos, quatro a mais do que Mario Charlmers. O cestinha do jogo foi LeBron, com 37 pontos. Wade marcou 23.

Em três anos de Miami, LeBron chegou às finais nas três temporadas. Na primeira, foi derrotado, mas deu a volta por cima. Agora é bicampeão. Está cada vez mais difícil atormentá-lo com a história de que não era decisivo e até amarelava. Ele tem mostrado por que ganhou o apelido de rei.

O San Antonio lutou, mas não foi decisivo. O time teve chance de vencer o jogo 6 e acabar com a história, porém, pecou. Na finalíssima, também teve oportunidade de empatar e virar, mas a bola teimou em não cair. Na partida desta quinta, Duncan marcou 24 pontos, cinco a mais do que Kawhi Leonard. Ginobili anotou 18.

O Miami maltratou o San Antonio nas bolas de três. Os tiros longos, sobretudo os de LeBron James e Shane Battier abriram caminho para a vitória. O Heat acertou 12 arremessos de longe. O Spurs converteu a metade.

O JOGO

O primeiro tempo foi equilibrado e até de muitos erros. A dupla LeBron James e Dwayne fez a diferença a favor do Miami. Juntos, os astros fizeram 29 pontos, mais do que a metade dos pontos do time até o intervalo. O San Antonio também foi comandado por uma dupla (Tim Duncan e Tony Parker - 23 pontos somados). Com um arremesso de Wade no estouro do cronômetro, Miami foi para o vestiário vencendo por dois pontos 46 a 44.

O terceiro quarto foi eletrizante. LeBron continou inspirado, sobretudo nas bolas de três. O San Antonio respondia, sempre com seu jogo coletivo. Ora era Kawhi Leonard quem brilhava, ora era Ginobili. O argentino deixou o Spurs na frente, mas não contava com um arremesso de Chalmers, no estouro do cronômetro. A bola bateu na tabela e entrou: 72 a 71 a favor do Heat.

As bolas de três do Miami continuaram a maltratar o San Antonio. Miami aproveitou para abrir seis pontos de frente, mas o Spurs não desistia. O time foi buscar e teve chance de virar, mas a bola não caiu. LeBron não perdoou e fez mais dois pontos: a vantagem pulou para quatro pontos. E o principal: sepultou o Spurs. O título é do Miami.

Você pode gostar