Rampage diz que vitória sobre Liddell minou sua relação com cúpula do UFC

Ex-campeão dos meio-pesados deixou o UFC após três derrotas

Por O Dia

Estados Unidos - ''Rampage'' Jackson sempre foi uma figura polêmica do UFC. O ex-campeão dos meio-pesados acabou por deixar o Ultimate depois de ser derrotado por três vezes seguidas. Segundo o lutador, o motivo que levou a sua saída foi a relação ruim como dirigentes e funcionários da principal competição de MMA do planeta.

Rampage falou sobre problemas com o UFCDivulgação

O lutador era uma das estrelas do Pride, quando chegou ao UFC em 2007. Ele lutou contra Marvin Eastman, venceu, e logo depois ganhou a chance de enfrentar o campeão Chuck Liddell. Mas uma nova vitória sobre o "The Iceman" fez a sua vida ficar complicada dentro do Ultimate. Mesmo sendo o campeão.

''Dana White realmente me queria porque eu era o último cara que Chuck (Liddell) queria se vingar. Todo mundo foi muito bom para mim. Quando venci Marvin Eastman, as pessoas por trás dos bastidores do UFC realmente eram como uma grande família. Chuck era parte dessa família. Eles eram todos muito bons para mim, como um porco indo para o matadouro, e, em seguida, depois que eu derrotar Chuck, imediatamente como 90% deles passaram a me odiar. Eles não falavam comigo mais, não sorriram para mim quando eu voltei lá (para os bastidores). Isso me fez sentir desconfortável'', disse o lutador, em entrevista ao site "Bleacher Report".

No início deste mês, Rampage Jackson assinou contrato com o Bellator. Ele mais uma vez está no principal rival do Ultimate.

Últimas de Esporte