Por ulisses.valentim

Rio - Jogando com uma equipe mista, devido alguns desfalques, a seleção brasileira masculina de vôlei venceu os Estados Unidos por 3 sets a 1 (25-22, 25-18, 20-25 e 28-26) no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, se consolidou como líder do grupo A da Liga Mundial e eliminou os americanos do torneio.

Brasil vence Estados Unidos por 3 a 1 no MaracanazinhoCarlo Wrede / Agência O Dia

Apesar de um começo difícil, no qual começou perdendo por 4 a 0 e cometendo muiutos erros, o Brasil se superou com o apoio da torcida que lotou as arquibancadas e mostrou suas condições de equipe mais regular da Liga neste ano e favorita ao título. A vitória fez o Brasil chegar a 22 pontos, com uma campanha de oito vitórias em nove partidas, e abrir uma vantagem de seis pontos sobre a vice-líder Bulgária.

Para os EUA, que permanecem com 12 pontos e no quinto lugar da chave, a derrota custou a chance de continuarem na disputa pelo título. Como os vice-campeões olímpicos já tinham garantido sua classificação à fase final da Liga Mundial, que será disputada a partir da próxima quarta-feira em Mar del Plata (Argentina).Bernardinho pôs em teste alguns reservas. William, Wallace e Thiago Alves ocuparam os lugares de Bruninho, Dante e Leandro Vissotto, que foram poupados para as partidas na Argentina.

Luccarelli foi um dos destaques da seleção brasileiraCarlo Wrede / Agência O Dia

O Brasil sentiu nos primeiros minutos a falta de suas titulares, com seguidos erros de Lucarelli e Wallace, e permitiu que os Estados Unidos abrissem 4 a 0 e depois 13 a 7. Bernardinho pediu tempo técnico e, com a entrada de Mauricio, conseguiu dar ordem à equipe e liderar a reação. Foram justamente Lucarelli e Wallace, cada um com cinco pontos de ataque, que igualaram o placar quase no final da parcial (20 a 20) e garantiram a virada (25 a 22).

No segundo set, com o time melhor organizado e os reservas mais tranquilos em quadra, o Brasil conseguiu abrir uma ampla vantagem desde o começo. Esta maior tranquilidade se refletiu no reduzido número de erros dos brasileiros. O personagem do set foi Lucão, eficiente no ataque e com quatro aces. Quando a vitória brasileira parecia questão de tempo, a equipe americana retornou com melhor disposição para o terceiro set; abriu uma vantagem de quatro pontos no começo (5 a 1) e fechou em 25 a 20.

O capitão Matthew Anderson, que o Brasil tinha conseguido neutralizar nas primeiras parciais, liderou a reação americana com vários pontos de ataque e a ajuda de um Murphy Troy mais seguro. Apesar de os Estados Unidos terem ameaçado estragar a festa do Brasil e ficado perto de vencer o quarto set, uma brilhante atuação de Lucarelli, maior pontuador da partida, com 17 pontos, garantiu a vitória dos brasileiros.

Você pode gostar