Por pedro.logato

Minas Gerais - Invicto no Independência, desde a sua reinauguração em 2012, o Atlético-MG ainda busca disputar a final da Libertadores no estádio do América-MG. A Conmebol marcou a partida decisiva da competição para o Mineirão, devido a exigência de que o jogo aconteça em um estádio com capacidade maior que 40 mil lugares. O Independência possui capacidade para 23 mil torcedores, enquanto o Mineirão abrigaria 64 mil.

Atlético-MG quer jogar final da Libertadores no HortoEfe

Nesta segunda-feira, o Galo ganhou um aliado nessa disputa. A CBF enviou até a confederação sul-americana, um pedido para que o jogo aconteça no estádio do Independência. Um dos argumentos utilizados pelo clube brasileiro e pela CBF é de que primeira partida da final será no Defensores Del Chaco, estádio do Olímpia, que, segundo a Associação Paraguaia de Fubebol, tem capacidade para cerca de 32 mil pessoas.

A Conmebol alega que abriu a exceção para o time paraguaio porque não há, no país, um estádio com capacidade maior do que a determinada no regulamento.

Você pode gostar