Por rafael.arantes

Minas Gerais - O presidente Alexandre Kalil não conseguiu conter as lágrimas com o título do Atlético-MG em cima do Olimpia, no Mineirão. Ao receber a taça de campeão, o dirigente vibrou muito, e logo em seguida usou as redes sociais para descrever a sensação de ter a Libertadores em mãos.

"Ela é mais gostosa do que mulher!", disse Kalil em seu perfil no Twitter. Ainda no estádio, o mandatário alvinegro dedicou a conquista inédita ao pai Elias Kalil, que comandou o Galo na década de 80.

Kalil festeja conquista do GaloDivulgação

A festa é o êxtase total de Alexandre Kalil só foram possíveis porque o atacante Jô e o zagueiro Leonardo Silva anotaram os gols que levaram a decisão da Libertadores para a prorrogação. No tempo extra, o Atlético-MG não conseguiu chegar ao terceiro gol, o que levou à final para a disputa de pênaltis.

Nas cobranças de pênaltis, brilhou a estrela do goleiro Victor, que defendeu o chute de Miranda, colocando o Galo em vantagem. Alecsandro, Guilherme, Jô e Leonardo Silva converteram as cobranças do Atlético-MG e Gimenez acertou o travessão, levando à loucura as mais de 50 mil pessoas que marcaram presença no Mineirão.

Você pode gostar