Por ulisses.valentim

Rio - Com boa presença de público e ao som da banda de rock nacional Tihuana, seis lutadores que vão participar do UFC 163, no próximo sábado, realizaram um treino aberto no Circo Voador, no centro.

Entre as feras do evento, estavam José Aldo e Lyoto Machida, que falaram sobre a expectativa sobre o show. O manauara, que vai defender seu cinturão contra Jung Chan-Sung, que é conhecido como "Zumbi Coreano", comentou sobre a responsabilidade de ser o único brasileiro detentor do cinturão da organização.

"Não sinto responsabilidade nenhuma. O Aldo é diferente do Anderson Silva e do Junior (Cigano), cada um tem seu estilo. Na minha academia tem dois campeões do UFC e tratamos isso de forma normal. Sou focado na minha carreira, sem pensar nos adversários. O Brasil perdeu dois cinturões, mas o Anderson e Cigano vão ter suas revanches e espero que eles sejam campeões de novo.", comentou o lutador.

José Aldo encara o seu adversário Jung Chan-Sung%2C mais conhecido como Zumbi Coreano André Mourão / Agência O Dia

Aldo também comentou sobre a comemoração de uma possível vitória na HSBC Arena, na luta contra o americano Chad Mendes, o brasileiro pulou a grade do octógono e foi comemorar com a torcida, levando os seguranças do UFC à loucura.

"Agora os seguranças estão esperando para me cercar, mas tenho uma equipe preparada para me ajudar também. Mas eu espero uma bastante apoio da torcida.Quando enfrentei o Frankie Edgar, em Las Vegas, a torcida estava meio a meio. Assisti à luta do Anderson Silva e foi assim também. Mas aqui no Brasil a torcida é 100% nossa. Isso motiva bastante e me sinto à vontade por lutar aqui", disse Aldo.

O ex-campeão Lyoto Machida, também comentou sobre suas expectativas para o evento, o brasileiro enfrenta o americano Phill Davis, e se vencer está bem perto de de uma revanche com Jon Jones pela disputa pelo cinturão dos Meio-pesados do UFC.

"Eu assisti todos os UFCs no Brasil, vi como foi o evento, gostei muito da torcida, a energia da galera e sempre tive vontade de realizar esse sonho. Agora ele está se realizando e estou muito feliz pela oportunidade. Só estive na torcida e agora estarei lutando. Sou um atleta que prefiro a luta em pé, o Davis derruba muito, então tenho que colocá-lo no meu jogo. Esta será a principal estratégia da luta.", comentou Lyoto.

Lyoto Machida ao lado do seu adversário Phill DavisAndré Mourão / Agência O Dia

Machida também falou sobre ainda não ter disputado sua revanche contra Jon Jones, que o finalizou com uma guilhotina no UFC 140.

"Eu fiquei um pouco frustrado, porque é segunda vez que conquisto a chance que não foi me dada. Quero no sábado ratificar que estou preparado para lutar pelo cinturão. Treinei para fazer três ou quatro rounds de Wrestling na grade. É luta de MMA, não é luta de Boxe, Caratê. Eu me preparei para essa luta, inclusive no chão.", disse lyoto.

O UFC 163 será realizado no próximo sábado, com o card preliminar começando as 19H15 e as principais lutas tendo início para as 23h.

Confira todas as lutas do UFC 163:

Card Principal:

José Aldo x Chan Sung Jung
Lyoto Machida x Phil Davis
Cezar Mutante x Thiago "Marreta"
Thales Leites x Tom Watson
John Lineker x Jose Maria "Sem Chance"

Card Preliminar:

Vinny Magalhães x Anthony Perosh
Amanda Nunes x Sheila Gaff
Serginho Moraes x Neil Magny
Ian McCall x Iliarde Santos
Rani Yahya x Josh Clopton
Viscardi Andrade x Bristol Marunde

Você pode gostar