Brasil erra passagem e dá adeus ao pódio no Mundial de Moscou

Brasileiras deixam o bastão cair na prova de revezamento e acabam perdendo a medalha depois de excelente prova

Por O Dia


Moscou - Um erro da corredora Vanda Gomes acabou com o sonho de pódio da equipe de revezamento no Mundial de Moscou. A equipe brasileira fez uma excelente prova. Ana Cláudia, Evelyn dos Santos, Franciela Krasucki Lemos voaram, mas na hora da última passagem, Vanda Gomes deixou o bastão cair e a equipe foi desclassificada da prova de 4x100m rasos. O ouro ficou com a Jamaica. 

"Nem sei o que estou sentindo. A medalha estava em nossas mãos. Infelizmente aconteceu esse erro. Agora tem de ser analisado para não cometermos esse erro novamente. Tenho certeza de que todas entraram com o mesmo pensamento de buscar uma medalha. Em nenhum momento passou pela cabeça de alguém o bastão cair. Não adianta a Vanda me criticar ou eu criticá-la. Somos uma equipe", declarou Franciela, que chorava desolada, ao SporTV.

Vanda Gomes deixa bastão cair e Brasil perde o pódioEfe

Muito insatisfeira Vanda também comentou o acontecido e disse também que as condições em Moscou não eram as ideais.

"Uma das únicas provas de grupo. O resultado dentro da pista é assim. Acontece. Tem que minimizar treinando. Estamos priorizando outras coisas, esquecendo de treinar. Com quem treina, isso não vai acontecer. Eu dei o melhor de mim nesses 40 dias, comendo mal, dormindo mal. Acontece", disse a atleta

Vanda Gomes entrou no lugar de Rosângela Santos, a titular do quarteto, que se recupera de uma lesão sofrida no pé. Depois de testes, a comissão a escolheu por considerá-la no nível técnico de Rosângela. Infelizmente o erro custou a vitória à equipe brasileira.

Últimas de Esporte