Sempre ele! Scola comanda massacre da Argentina sobre o Brasil

Pivô aumenta fama de carrasco com 23 pontos e 11 rebotes

Por O Dia

Porto Rico - Luis Scola aumentou a fama de carrasco brasileiro. O pivô comandou o massacre da Argentina sobre a Seleção, neste sábado, pela Copa Tuto Marchand: 90 a 70. Scola foi o cestinha do jogo com 23 pontos e conseguiu um duplo-duplo ao pegar 11 rebotes. Assim como no Super 4, o Brasil volta a perder para a Argentina. E novamente sofrendo nas mãos de Scola.

Scola deu trabalho à defesa brasileiraDivulgação

A Argentina dominou o jogo a partir do segundo período e não deu mais chances ao Brasil. Em noite de atuação apagada, a Seleção foi batida com facilidade a amargou a segunda derrota (as duas foram para os hermanos) no período de preparação para a Copa América, que será disputada entre os dias 30 deste mês e 11 de setembro e vai classificar quatro países para o Mundial de 2014.

Além de Scola, a Seleção sofreu com Facundo Campazzo. O armador anotou 19 pontos, seis a mais do que o ala pivô Juan Gutierrez.

Huertas teve atuação apagadaDivulgação

Pelo Brasil, os principais pontuadores foram o pivô Rafael Hettsheimeir, o ala Arthur e o armador Raulzinho. Cada um marcou 12 pontos.

"Conseguimos fazer um bom primeiro quarto e mantivemos a partida equilibrada até o início do segundo período, mas aceitamos as provocações deles e nos preocupamos muito com as marcações da arbitragem. Com isso, nós nos desconcentramos e permitimos que eles fossem abrindo vantagem no placar. No último quarto voltamos a fazer nosso jogo, mas não foi possível tirar a diferença. Contra Porto Rico precisamos impor nosso ritmo e evitar a correria que eles costumam fazer", analisou Raulzinho.

A Seleção volta à quadra neste domingo, às 19h, e encara Porto Rico.

Últimas de Esporte