Por pedro.logato

Brasília - O amistoso entre Brasil e Austrália teve um resultado favorável para a seleção brasileira, que ganhou de 6 a 0. O placar refletiu da Seleção em campo. O time comandado por Felipão dominou o jogo e teve maior posse de bola durante toda o confronto

A equipe australiana não teve muitas chances de gol, sendo totalmente envolvida durante o jogo. Desencontrado, o time errou muitas passes e não arquitetou lances mais ofensivos.

Brasil não teve dificuldades para vencer a Austrália Cadu Gomes / Agência O DIA

O JOGO

Desde o início do primeiro tempo, o Brasil dominou o jogo com alguma facilidade. No começo da partida, aos 7 minutos do primeiro tempo, veio o primeiro gol da seleção de Felipão. Em uma ótima jogada do ataque brasileiro, Neymar recebeu na esquerda, cruzou para Bernard, que chutou na trave do australiano Schwarzer. No rebote, Jô recebeu e mandou a bola para o gol, marcando o primeiro gol do Brasil.

Aos 15 minutos do primeiro tempo, outra chance para o Brasil com Neymar, o atacante do Barça marcou, mas o gol estava impedido e a jogada não valeu. Aos 23 minutos, Neymar teve a segunda grande chance. Bernard recebeu de Maicon e achou Neymar na esquerda. O camisa 10 cortou três marcadores, mas marcou por cima. Aos 33 minutos, veio o segundo gol do Brasil, novamente de Jô, que estava inspirado. Em um contra-ataque de Maicon na direita, Bernard recebeu um passe, cruzou e Jô marcou sem segundo gol. Menos de um minuto depois, finalmente Neymar deixou sua contribuição para o placar brasileiro. O craque do Barcelona recebeu um passe de Ramires na entrada da área, avançou e balançou a rede de Schwarzer. O final da primeira metade seguiu com a seleção australiana errando, sem ameaças na zaga brasileira.

A segunda metade do jogo foi um repeteco do primeiro tempo. Aos 14 minutos, Ramires veio confirmar a goleada. Num cruzamento de Maxwell, o volante do Chelsea recebeu a bola e aumentou o placar. O resultado poderia ter sido ainda maior para a Seleção, que teve mais chances de gol não finalizadas, aos 26, Alexandre Pato, que entrou no lugar de Jô, deixou o dele. Mais perto do fim do segundo tempo, aos 38 minutos, Luis Gustavo fez o último e selou o chocolate: 6 a 0 para o Brasil.

Nesta terça-feira, a Seleção enfrenta um novo desafio, dessa vez contra Portugal, num jogo que deve ser mais difícil para a equipe do que o deste sábado. A partida acontece em Boston, às 16h, de Brasília.

Você pode gostar