Raikkonen exigiu desculpas de Montezemolo antes de voltar à Ferrari

Após ser campeão mundial em 2007, piloto finlandês foi dispensado no fim de 2009 para dar lugar a Fernando Alonso na equipe italiana

Por O Dia

Itália - Apresentando bons desempenhos na temporada, Kimi Raikkonen despertou o interesse das principais equipes da Fórmula 1. Na última semana, a Ferrari pôs fim as especulações e confirmou o retorno do piloto à equipe. Mesmo sem os detalhes da contratação divulgados, segundo uma emissora de TV finlandesa, Kimi exigiu um pedido de desculpas de Luca di Montezemolo, presidente da escuderia, antes de assinar.

"Quando se trata de um pedido de desculpas, eu tenho de entender que o pedido foi uma exigência para a continuidade das negociações com a Ferrari. E foi feito pessoalmente por Montezemolo. Essas coisas estão seladas e colocadas do mesmo lado, justamente com todas as transgressões do passado por causa da contratação. Agora podem ir em frente", afirmou Oskari Saari comentarista da emissora MTV3 Tulosruutu .

Kimi Raikkonen teve seu retorno confirmado na FerrariEfe

Campeão com a Ferrari em 2007, ano em que chegou para substituir Michael Schumacher, Raikkonen foi dispensado em 2009 para dar lugar ao espanhol Fernando Alonso. Longe da F-1 por dois anos, ele voltou à principal categoria do automobilismo mundial para defender a Lotus.

Últimas de Esporte