Por pedro.logato

Argentina - Nesta quarta-feira, em entrevista cedida na redação do jornal italiano La Gazzeta dello Sport , o expoente máximo do futebol na Argentina, Diego Armando Maradona, afirmou estar há quase dez anos sem usar drogas. Além da revelação, o eterno camisa 10 relembrou os tempos de dor que causou aos amigos, à família e, sobretudo, à ex-mulher Cláudia Villafañe.

Maradona diz que não usa drogas há quase uma décadaEfe

"Fiz com que minha família chorasse. Fiz mal a muitas pessoas", disse ele, que fez um apelo para que os jovens evitem o vício. "É uma dependência muito feia".

Depois, bem-humorado, Maradona declarou que gostaria de ser papa. Ele ainda alfinetou as lideranças da Fifa, que considera ultrapassadas.

"Os diretores da Fifa todos possuem mais de 95 anos. Como é que dá pra dirigir uma organização assim se não podem dirigir nem um carro?".

Você pode gostar