Schalke e Dortmund se enfrentam ainda debaixo da sombra de Adolf Hitler

Duelo alemão se transformou no clássico de maior rivalidade dentro do país durante o regime nazista. Hitler era Schalke

Por O Dia

Alemanha - O principal jogo da 10ª rodada do Campeonato Alemão será o superclássico do Vale do Ruhr entre Schalke e Borussia Dortmund, no sábado, na Veltins Arena. A rivalidade entre azuis-reais e aurinegros é a maior da Alemanha por se tratar de dois times populares e de cidades vizinhas do oeste do país - Dortmund e Gelsenkirchen são separadas apenas por 35 km - e pelo contexto histórico e político bastante particular por trás dos clubes.

Alemanha - No século passado, o Schalke era o clube preferido dos trabalhadores alemães e chegou a ser usado por Adolf Hitler como símbolo do nacionalismo. O líder nazista, apesar de não ser muito fã de futebol, era torcedor do time de Gelsenkirchen. Já o Borussia Dortmund era comandado por pessoas opositoras à política de extrema direita da época. Por ordem de Hitler, os dirigentes do BVB foram destituídos, perseguidos pelo regime e, posteriormente, fuzilados.

Coincidência ou não, um dos períodos mais vitoriosos da história do Schalke foi durante o nazismo. Enquanto Hitler comandava o '3º Reich', os azuis-reais conquistaram seis títulos alemães (1934,1935, 1937, 1939, 1940 e 1942) e ainda ganharam a Copa da Alemanha de 1938. O Borussia Dortmund, fundado em 1909, só conseguiu vencer o Schalke, fundado em 1904, no ano de 1943. Até então, eram 17 vitórias azuis e um empate.

Borussia Dortmund e Shalke 04 são rivais desde a época de Hitler Reuters

A partir de 1945, ano da morte de Hitler e do fim do nazismo, o Borussia Dortmund entrou em fase de ascensão, enquanto o Schalke viu o seu domínio na Alemanha despencar. O Dortmund conseguiu seus primeiros títulos nacionais em 1956, 1957 e 1963, ao passo que o Schalke foi campeão em 1958, sendo essa a última conquista de Campeonato Alemão do clube.

O muro de Berlim caiu, a Alemanha se unificou, e mesmo assim o Borussia Dortmund continua obtendo mais êxitos do que seu arquirrival. Desde que a Bundesliga foi criada, na temporada 1963/1964, os aurinegros já levantaram a taça cinco vezes (95, 96, 2002, 11 e 12), além de terem conquistado uma Liga dos Campeões, em 1997. O Schalke nunca foi campeão da Bundesliga e já amarga um jejum de 55 anos sem vencer o campeonato nacional.

Atualmente, o Schalke conta com o brasileiro Felipe Santana, zagueiro que até a temporada passada vestia a camisa do Borussia Dortmund, onde jogou com um certo destaque por cinco anos. A polêmica transferência foi reprovada e ainda não muito bem digerida pelos torcedores amarelos, que chegaram a chamar o defensor de "traídor" e "judas" nas redes sociais.

Nesta edição da Bundesliga, o Dortmund está na vice-liderança com 22 pontos conquistados, enquanto o Schalke aparece na 5ª colocação, com 14. Os azuis venceram os dois últimos duelos entre as equipes na temporada passada, ambos por 2 a 1 - já nos últimos dez encontros pelo Campeonato Alemão, o Schalke leva vantagem com quatro vitórias, contra três triunfos do Dortmund e outros três empates.

A tendência é que o duelo deste sábado, em Gelsenkirchen, casa do Schalke, seja bastante tenso dentro e fora de campo. Como sempre foi e sempre será.

Reportagem: Mário André Monteiro 

Últimas de Esporte