Por ulisses.valentim

Rio - A rivalidade entre Argentina e Brasil vai muito além do futebol e existe em qualquer coisa que se possa discutir. O país vizinho, além de bom de bola, é lindo e dono de peculiaridades diferentes. Se o Brasil tem esse nome pelo grande número de pau-brasil, Argentina vem do latim “argentum”, que significa prata. Os descobridores acreditavam que o lugar era repleto do metal.

O meia argentino do Santos, Walter Montillo, ainda sonha disputar a Copa do Mundo do Brasil e acredita em uma invasão de torcedores de seu país no ano que vem.

“Li reportagens dizendo que os argentinos já estavam se mobilizando para chegar ao Brasil em grande número. Tem um tempo que não temos uma Copa do Mundo na América do Sul é tenho certeza que isso também acaba influenciando”, afirmou o jogador, que quer formar dupla de ataque com o melhor do mundo, Lionel Messi.

Casa Rosada é a sede do governo argentinoDivulgação

Jeitinho Argentino

Um fato curioso na Argentina é onde está enterrado San Martin, figura-chave na independência do país, assim como de Chile e Peru. Como fazia parte da maçonaria, o general não poderia ser enterrado na catedral de Buenos Aires, mas se no Brasil temos o famoso “jeitinho”, por lá também.

Construíram um puxadinho na igreja, onde os restos mortais ficam do lado de fora. Ou seja, San Martin fica dentro da Catedral, mas do lado de fora, sempre protegido pelos “granaderos”, um corpo especial do exército.

Messi ajudou a Argentina a carimbar passaporte para o BrasilEfe

A catedral fica na Praça de Maio, onde se localiza a Casa Rosada, o palácio do governo. Frequentemente o povo vai até o palácio com panelas para reclamar de alguma decisão.

Com a valorização do real em relação ao peso, brasileiros são vistos a todo momento no país e nas ruas de Buenos Aires ouvir o portunhol tentando vender produtos de couro é algo comum.
Falar de comida é lembrar de churrasco e dos grandes cortes do planeta.

Tudo para os “hermanos” tem a ver com carne, geralmente, regado a bons vinhos. A região de Mendoza é famosa pela produção de uvas. Os argentinos dizem que são os criadores do doce de leite, mas a informação não é confirmada. Ainda mais em um país em que todos têm certeza de que jogam o melhor futebol do mundo e que Maradona é melhor do que Pelé.

Você pode gostar