Por joyce.caetano

Abu Dhabi - O australiano Mark Webber conseguiu quebrar a rotina no sábado ao fazer a pole position do treino classificatório do GP de Abu Dhabi. Neste domingo, no entanto, as coisas rapidamente voltaram a ficar da maneira como têm acontecido nos últimos meses. Isso porque seu companheiro de Red Bull, o alemão Sebastian Vettel, tomou a liderança logo na largada, manteve-se na ponta até o fim e conquistou a sétima vitória consecutiva.

Com o resultado deste domingo, o tetracampeão igualou uma marca conquistada pelo compatriota Michael Schumacher, que também venceu sete vezes seguidas em 2004, temporada em que ganhou o último dos seus sete títulos.

Sebastian Vettel comemora mais uma vitória na Fórmula 1Efe

No início da prova, Webber ainda foi ultrapassado pelo também alemão Nico Rosberg, da Mercedes. Mas acabou recuperando a posição durante a corrida e cruzou a linha de chegada em segundo. Rosberg completou o pódio.

Já Felipe Massa, que largou em sétimo, travou uma disputa durante boa parte da prova com o espanhol Fernando Alonso, seu companheiro de Ferrari, que começou a corrida em 11º e foi ganhando posições. Quando restavam dez voltas para o fim, Alonso conseguiu ultrapassar o brasileiro graças a um trabalho mais rápido da equipe nos boxes, roubando dele a sétima posição.

Além do quinto lugar em Abu Dhabi, Alonso contou com o mau desempenho de Kimi Raikkonen para se ficar mais tranquilo na vice-liderança do campeonato. O finlandês, que largou em último após receber punição no treino classificatório devido à falha na sua Lotus, teve a suspensão dianteira quebrada logo na primeira volta e abandonou a prova.

Já com o título garantido, Vettel aumentou ainda mais sua vantagem na liderança do campeonato. Com a vitória neste domingo, saltou para 347 pontos. O piloto mais próximo dele é Alonso, que tem 217. Raikkonen é o terceiro com 183, seguido por Lewis Hamilton, da Mercedes, que soma 175.

Confira o resultado do GP de Abu Dhabi:

1) Sebastian Vettel (Alemanha/Red Bull)
2) Mark Webber (Austrália/Red Bull)
3) Nico Rosberg (Alemanha/Mercedes)
4) Romain Grosjean (França/Lotus)
5) Fernando Alonso (Espanha/Ferrari)
6) Paul di Resta (Escócia/Force India)
7) Lewis Hamilton (Inglaterra/Mercedes)
8) Felipe Massa (Brasil/Ferrari)
9) Sergio Perez (México/McLaren)
10) Adrian Sutil (Alemanha/Force India)
11) Pastor Maldonado (Colômbia/Williams)
12) Jenson Button (Inglaterra/McLaren)
13) Esteban Gutierrez (México/Sauber)
14) Nico Hulkenberg (Alemanha/Sauber)
15) Valtteri Bottas (Finlândia/Williams)
16) Daniel Ricciardo (Austrália/Toro Rosso)
17) Jean-Eric Vergne (França/Toro Rosso)
18) Giedo van der Garde (Holanda/ Caterham)
19) Charles Pic (França/ Caterham)
20) Jules Bianchi (França/Marussia)
21) Max Chilton (Inglaterra/Marussia)
22) Kimi Raikkonen (Finlândia/Lotus)

Você pode gostar