Romário x Ronaldo: Para quê Fair Play?

Craques divergem sobre a Copa do Mundo e trocam farpas

Por O Dia

Rio - Integrante da bancada de uma apresentação do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014 (COL), em Londres, nesta terça-feira, Ronaldo criticou Romário ao responder a uma pergunta sobre a diferença de posicionamento dos dois ex-craques da seleção brasileira em relação ao evento. Sem em nenhum momento citar o nome do ex-parceiro de ataque e ressaltando sua condição de trabalho voluntário para o comitê, Ronaldo alegou um patriotismo maior que o do deputado federal.

Romário criticou o FenômemoDivulgação

"Nunca tive a pretensão de que todos pensassem igual a mim ou que acreditassem em tudo o que acredito. Quando recebi o convite para integrar o COL, acreditei na oportunidade de crescimento para o Brasil. Não recebo um centavo, faço isso pelo meu povo", afirmou.

Ronaldo questionou o patriotismo de Romário ao insinuar que as críticas do deputado não são construtivas. "Há fatos mostrando que a Copa é uma oportunidade maravilhosa para o país. Estou lutando para ajudar a construir. É muito fácil ser oposição e só tentar destruir os outros", completou.

O Fenômeno também precisou responder a perguntas sobre os protestos nas ruas brasileiras. Voltou a dizer ser favorável às manifestações. "O Brasil vive momento especial, de mudanças. As pessoas estão cansadas de ser maltratadas", explicou.

No entanto, ele reclamou do que considerou uma abordagem injusta dos gastos com a Copa do Mundo. "Continuamos provendo dados e informações de que o Mundial traz benefícios para as populações. Visitamos Cuiabá e é verdade que a cidade está um canteiro de obras. Mas a população está orgulhosa com o interesse trazido pela Copa. Claro que todo mundo quer ver interesse em outras áreas, mas as pessoas estão aprovando a Copa do Mundo".

Ronaldo acusou o Baixinho de não ser patriota Efe

Sorteio custa R$ 20 milhões

A Fifa abriu os cofres para investir pesado para transformar o sorteio dos grupos da Copa do Mundo, 6 de dezembro, na Costa do Sauípe (BA), em um megaevento.

Ao custo de R$ 20 milhões, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, confirmou ontem a presença do ex-jogador francês Zidane. Assim, cada país campeão do mundo terá um representante no sorteio: Cafu (Brasil), Ghiggia (Uruguai), Cannavaro (Itália), Kempes (Argentina), Hurst (Inglaterra), Matthäus (Alemanha) e Hierro (Espanha).

A Fifa também bateu o martelo sobre as apresentações musicais da festa: o rapper paulista Emicida, o grupo de percussão Olodum e a cantora baiana Margareth Menezes.

Site da Fifa mostra os 'sortudos'

A Fifa realizou na terça-feira o sorteio dos ingressos da primeira fase de vendas para a Copa do Mundo. Como a procura foi muito alta (6,2 milhões de pedidos para 889 mil entradas), poucos foram os escolhidos pela Fifa, que prometeu informar por correio eletrônico so contemplados.

Mas os torcedores podem se informar no site da Fifa. Basta acessar com o cadastro feito no ato do pedido dos ingressos e procurar pelo link “solicitações anteriores”. A Fifa vai abrir a segunda fase de compras no próximo dia 11, às 9h (de Brasília), exclusivamente pelo site.

Últimas de Esporte