Por pedro.logato

Estados Unidos - Perder não é uma opção sensata para quem está na corda bamba do UFC. Inimigos íntimos, Gray Maynard e Nate Diaz não atravessam bom momento na organização, mas tentam colocar os problemas de lado e se enfrentam pela terceira vez na história, neste sábado, a partir das 22h30, em Las Vegas (EUA).

O TUF Finale 18, no Mandalay Bay Center, traz ainda a decisão do peso-galo do primeiro reality show voltado para mulheres, entre Julianna Peña e Jessica Rakoczy. Chris Holdsworth x David Grant medem forças entre os homens. Único brasileiro em ação, Rani Yahia vai para cima de Tom Niinimaki.

Gray Maynard e Nate Diaz se enfrentamDivulgação

Os holofotes estarão direcionados a Gray Maynard e Nate Diaz. Com uma vitória para cada lado, eles fazem um tira-teima cheio de ingredientes que prometem apimentar a luta principal. Maynard sabe que uma vitória sobre o inimigo o colocará de novo no mapa dos leves.

“Tenho que vencer para poder voltar ao topo. Ter duas vitórias e uma derrota nas últimas três lutas é melhor do que ter duas derrotas e uma vitória. Mas não me faz ir longe. Quero voltar a brigar pelo cinturão”, declarou Maynard.

A rivalidade entre eles é antiga e foi criada na 5ª edição do The Ultimate Fighter. Em 2007, Nate venceu Maynard com uma guilhotina, avançou à final do programa e se sagrou campeão. Mais tarde, em 2010, eles voltaram a se enfrentar e Maynard levou a melhor por decisão dividida dos jurados. Resultado que Nate não engole até hoje.

“Vamos lutar pela terceira vez. Vencia a primeira e tenho certeza que venci a segunda também. Se você perguntar a ele (Maynard) quem venceu a segunda, aposto que ele não vai dar uma resposta convincente”, provocou Nate Diaz, que acumula duas derrotas consecutivas e muitos problemas fora do octógono. Mas que ainda goza de prestígio com a organização. Outro tropeço agora, no entanto, pode decretar o fim da linha no Ultimate.

Você pode gostar