Por pedro.logato

Rio - O NBB dá uma pausa para as festas de fim de ano com um cenário de equilíbrio e de irregularidade de alguns favoritos. A sensação, até agora, é Limeira, líder com nove vitórias em dez jogos. O Flamengo foi o único a bater o clube paulista, mas sofreu com desfalques.

Mesmo assim, o Rubro-Negro mostrou força e terminou o ano em alta, na vice-liderança. Reforçado por Leandrinho, o Pinheiros se mantém no topo da tabela. O Paulistano completa o G-4 e reforça que vai dar trabalho. A irregularidade também foi a tônica neste começo de torneio.

NBB não tem bicho papão nessa temporadaDivulgação

Favoritos como Uberlândia, São José e Brasília sofreram derrotas inesperadas. O último, por sinal, já amargou seis tropeços e tem uma campanha mediana de 45,5% (cinco vitórias). A decepção inicial fica por conta de Franca, Basquete Cearense e Macaé. O trio ainda não emplacou e está abaixo do esperado em quadra e na tabela de classificação. O NBB 6 retorna no dia 5. Até 2014.

GAROTADA ENTRA EM CENA

A garotada decidirá, a partir de amanhã, na Gávea, a LDB, torneio sub-22. Basquete Cearense, Bauru (atual campeão), Brasília, Flamengo, Ginástico, Minas, Pinheiros e São José na briga.

NO TALENTO DE CHUPETA

Um dos trunfos do Flamengo na LDB, Chupeta mostrou que já pode ter espaço no adulto. Com personalidade e talento, o armador foi bem nas vitórias sobre Limeira e Bauru pelo NBB.

GRUPO DA MORTE

Bauru, de Ricardo Fischer, Flamengo, São José e Pinheiros formam o grupo da morte da LDB. A outra chave reúne Basquete Cearense, Brasília, Minas e Ginástico.

Você pode gostar