Por pedro.logato

Rio - Esta sexta-feira promete ser uma das mais agitadas da história do STJD. A partir das 11 horas, como confirmou o tribunal, começam julgamentos que podem confirmar a alteração no Campeonato Brasileiro. Os casos dos jogadores André Santos e Héverton, que fizeram o Flamengo e a Portuguesa perderem pontos na tabela estão na pauta. Além desses clubes, Vasco e Cruzeiro vão participar do tribunal.

Na primeira instância, Portuguesa e Flamengo foram punidosMárcio Mercante / Agência O Dia

No caso mais importante. Flamengo e Portuguesa buscam a retomada dos quatro pontos perdidos na última semana no primeiro julgamento do STJD. Os dois clubes foram penalidados por escalarem ilegamente André Santos e Héverton, respectivamente na última rodada. Para a Lusa a punição acabou sendo decisiva, pois com a perda dos pontos, o time paulista acabou sendo rebaixado para a Série B, salvando o Fluminense.

Além deste caso, o Vasco será julgado pelo tribunal.O clube tenta a impugnação do jogo na última rodada do campeonato, contra o Furacão, alegando que a partida não teria condições de ser reiniciada pela batalha de torcedores nas arquibancadas catarinenses, além de o tempo limite de paralisação previsto na regra, de 60 minutos, ter sido desrespeitado. O time de São Januário teve o pedido rejeitado duas vezes pelo presidente do STJD, Flávio Zveiter.

Por último, o campeão brasileiro, Cruzeiro também estará presente no STJD. Na 36ª rodada, contra o Vasco, no Maracanã, os celestes relacionaram o goleiro Elisson, que sequer entrou em campo, mas não tinha, segundo registros da Federação Mineira de Futebol, contrato vigente com a Raposa. Na primeira instância, o clube mineiro foi absolvido pelo argumento de que a irregularidade ocorreu por falha de sistema da federação.

Você pode gostar