Por fabio.klotz

Estados Unidos - Anderson Silva precisará de pelo menos seis longos meses para voltar a fazer o que mais gosta. Se não resolver se aposentar, o lutador deverá ter muita força de vontade para voltar ao octógono, já com 39 anos, que serão completados no dia 14 de abril. E o melhor dos exemplos está bem perto: Ronaldo Fenômeno. O ex-jogador de futebol é sócio da 9ine, empresa responsável pelo planejamento de imagem e captação de patrocínios para o lutador de MMA.

Ronaldo e Anderson Silva em evento do UFC%3A Fenômeno é exemplo de superaçãoDivulgação

Quando ainda estava em campo, o Fenômeno superou três graves lesões no joelho. Na temporada de 99/2000, jogando pela Internazionale, ele se machucou contra o Lecce e ficou cinco meses parado. Na sua volta, no dia 12 de abril de 2000, Ronaldo jogava a final da Copa da Itália contra a Lazio, quando o joelho direito saiu do lugar em uma lesão que chocou o mundo. A contusão o deixou parado por mais 15 meses.

Em 2008, atuando pelo Milan, Ronaldo saltou e ao apoiar a perna teve uma nova grave lesão no joelho - só voltaria aos gramados 13 meses depois, já pelo Corinthians. A amizade entre os dois pode ser o incentivo que Anderson precisa para voltar ainda mais forte ao UFC.

Técnico está confiante

Treinador de boxe de Anderson, Edelson Silva garantiu que o brasileiro se recupera bem da cirurgia e que já começa a pensar em uma volta, dentro dos prazos estabelecidos pelos médicos.

“Ele está superbem. Falou que entre três e seis meses ele está voltando, já vai poder treinar normalmente. Ele está bem, está tranquilo. Acho que, se na luta não tivesse acontecido isso, no terceiro round iria voltar um Anderson Silva mais forte, mais ágil, mais veloz. E com certeza buscaria um nocaute ou uma vitória”, afirmou Edelson em entrevista ao SporTV.

Anderson Silva chuta e fratura a perna esquerdaUSA Today Sports

O treinador fez questão de dizer que a fratura de Anderson foi uma fatalidade que faz parte do esporte.

“Ele fez um chute de muay thai, o cara bloqueou no momento certo. Mas infelizmente aconteceu a fatalidade, quebrou a canela. Ele chutou certo, o cara teve visão e bloqueou”, minimizou Edelson Silva.

Você pode gostar