Por fabio.klotz

Rio - Revelado pelo América, Gilberto retorna ao clube com a missão de levá-lo novamente à elite do futebol carioca. O experiente meia, de 37 anos, vai ser o camisa 10 do time na Série B do Rio. Ele também representa o início da parceria entre ODG Sports e o América. A empresa vai gerir o futebol do clube por cinco anos. A meta, a longo prazo, é colocar o Mecão na Segunda Divisão do Brasileiro.

Gilberto vai ser o maestro do América na Série B do CariocaFábio Klotz / Agência O Dia

"Estou muito satisfeito em poder vestir de novo esta camisa que me projetou. Fiquei empolgado com o projeto de montar uma equipe para voltar à Primeira Divisão do Carioca e voltar a ser o clube grande que sempre foi", disse Gilberto, nesta quarta-feira, ao ser apresentado na sede do clube, na Tijuca.

Gilberto estava aposentado. Ele confessou que pensava que não jogaria mais profissionalmente, até que surgiu o convite do América.

"O sentimento é o de poder ajudar. Talvez jogue mais um, dois anos, depende da condição física. Espero retribuir o que o clube fez por mim. E mesmo assim vai ser pouco", afirmou.

Sem jogar há mais de um ano, Gilberto quer duas semanas para aprimorar a parte física.

"Vinha fazendo um trabalho físico. Agora preciso ter uma carga maior. Em duas semanas não vai ter mais problema."

Mais novidades

Na apresentação de Gilberto, o América aproveitou para anunciar mais quatro reforços para a temporada: o lateral-esquerdo Gabriel Verón, de 19 anos e com passagem pela base do Boca Juniors e River Plate, o zagueiro também argentino Juan Karo, de 24 anos e ex-Estudiantes, e a dupla paraguaia Marcelo Baez, de 22 anos, e Oswaldo Argüello, meia de 21 anos. Eles defenderam o Olimpia em 2013.

Você pode gostar