Por ulisses.valentim

França - O estado de saúde do heptacampeão mundial de Fórmula 1, Michael Schumacher, é estável, quase três semanas depois de um grave acidente sofrido nos Alpes franceses, que obrigam os médicos a manterem o alemão em coma induzido, informou nesta sexta-feira a agente Sabine Kehm.

"A família de Michael tem total confiança na equipe médica e está muito satisfeita com seu trabalho", disse a porta-voz. Schumacher, que completou 45 anos no dia 3, já internado no hospital de Grenoble, na França, tem lesões cranianas difusas e sérias, desde 29 de dezembro, quando bateu a cabeça contra uma rocha, enquanto esquiava na estação de Méribel.

Schumacher luta pela vidaEfe

O alemão foi submetido a duas neurocirurgias logo em seguida ao acidente, e teve ligeira melhora desde então, mas é mantido em coma para que a recuperação seja facilitada, segundo os médicos.

Você pode gostar