Por pedro.logato

Rio - O caminho não é fácil, com três seleções europeias no grupo, mas o Brasil, com força máxima, tem condição de avançar às oitavas de final e até ir longe na Copa do Mundo da Espanha.

Na ‘corrida’ pelo convite da Fiba, a CBB garantiu que os astros da NBA vão disputar o torneio. Completa, a Seleção ficou em quinto lugar na Olimpíada de Londres, exemplo de força.

Na Copa do Mundo, a pressão em cima do Brasil será maior. O fracasso na Copa América vai atormentar o elenco. Além disso, é preciso justificar em quadra o esforço nos bastidores e a doação para a Fiba, um dos ‘passos’ para receber o convite.

Equipe de Magnano terá dificuldades no MundialDivulgação

Em Granada, palco da chave brasileira, a Seleção vai encarar, na ordem, França, Irã, Espanha, Sérvia e Egito. O grupo do Brasil é o mais complicado. A receita é vencer Irã e Egito — quase que obrigação — e brigar contra os ‘grandes’ para beliscar a melhor classificação possível (os quatro melhores avançam) para o mata-mata

JOGO DAS ESTRELAS: CRAQUES DEFINIDOS

Brasília e Flamengo dominaram a lista do Jogo das Estrelas, que será dia 22, em Fortaleza. Pelo Rubro-Negro, Olivinha, Marcelinho, o técnico José Neto — pelo NBB Brasil —, e Laprovittola e Meyinsse integram o NBB Mundo. Nezinho, Alex (foto), Giovannoni, Goree e o técnico Sergio Hernandez vão representar o clube candango. O caçula Macaé emplacou dois: Espinoza e Léo Costa (assistente no NBB Mundo).

CANDIDATO A MVP

O argentino Laprovittola foi o mais votado para o Jogo das Estrelas. Destaque do Flamengo, o armador já aparece como um dos fortes candidatos ao posto de MVP do NBB

Você pode gostar