Por pedro.logato

Rio - Ricardinho nasceu em São Paulo, mas tem um carinho especial por Maringá, onde jogou aos 18 anos e formou a sua família. Hoje, aos 38, consagrado como um dos melhores levantadores do vôlei brasileiro, ele realizou o sonho de formar uma equipe profissional e ainda festeja conquistas da cidade paranaense na organização de eventos. Após sediar as edições feminina e masculina da Copa Brasil, em janeiro, o município receberá a Seleção masculina na segunda etapa da Liga Mundial contra a Polônia, nos dias 29 e 30 de maio.

“A cidade tem a chance de ver não só a nossa equipe. É um prazer receber essa galera. Serão mais dois dias de evento trazendo entretenimento para o povo da região”, destacou
Ricardinho. Jogador e presidente do Moda Maringá, ele tem curtido o papel fora de quadra, como o de anfitrião na Copa Brasil. A competição foi disputada no Ginásio Chico Neto, a casa do time paranaense na Superliga.

Depois%2C Ricardinho assume o posto de levantador do Moda MaringáDivulgação

“Quando estou fora do jogo, fico observando a logística, a parte estrutural e tudo que está em volta”, comentou.

TORCIDA PARA EVITAR A FESTA RIVAL

Após longa história com a Amarelinha, com direito ao ouro olímpico em Atenas, em 2004 , Ricardinho fica agora na torcida pela Seleção. Contra os poloneses, ele prevê dificuldades. “Eles têm um time perigoso. Acredito que a Liga não seja o foco do Brasil em 2014 porque é ano de Mundial. Será mais um treino para chegar bem lá na frente. Mas qualquer equipe quer tirar casquinha da gente e temos que evitar”, avisou.

O CAMINHO RUMO AO DECA

Jaraguá do Sul (SC) será a primeira cidade a receber a Seleção em busca do decacampeonato da Liga, nos dias 23 e 24 de maio, contra a Itália. A terceira etapa, contra o Irã, será no Estado de São Paulo, em junho.

A BATALHA PELA CLASSIFICAÇÃO

Lutando para superar a crise financeira, o RJ Vôlei vem de derrota para o Volta Redonda, mas segue com a meta de se classificar para os playoffs da Superliga. No sábado, o rival será o Canoas (RS), no Tijuca.

Você pode gostar