Marcelo diz que racismo não o atinge: 'Sou mais forte que o preconceito'

Jogador foi vítima de torcedores racistas no duelo contra o Altético de Madrid

Por O Dia

Espanha - Marcelo passou por uma situação constrangedora e, infelizmente, comum nos estádios da Europa. O lateral-esquerdo do Real Madrid sofreu racismo enquanto jogava a partida diante do Atlético de Madrid, no Santiago Bernabéu. O jogador, no entanto, garantiu que o fato não mexe com sua cabeça.

Marcelo garante que não liga para o racismo Efe

"Isso jamais afetará a mim ou a minha família. Eu gostaria de agradecer a todos vocês pelo suporte de hoje. Apesar de não ser a primeira vez que isso acontece, posso garantir que somos mais fortes que qualquer tipo de preconceito", escreveu no twitter.

No gramado, o Real Madrid bateu o rival da capital por 3 a 0, com gols de Pepe, Jesé e Dí Maria. Com o resultado, os merengues praticamente garantiram a vaga para final da Copa do Rei.

Últimas de Esporte