Diego Costa faz gol no fim, e Atlético bate o Milan por 1 a 0 em pleno San Siro

Atacante decide e Colchoneros têm vantagem para o jogo de volta. Kaká atua bem, mas Milan esbarra na trave duas vezes

Por O Dia

Itália - A expectativa era grande para o jogo desta sexta-feira. De um lado, o Milan liderado por Kaká. Do outro, o brasileiro Diego Costa, artilheiro do Atlético de Madrid, que faz ótima campanha no Campeonato Espanhol. O jogo começou muito movimentado no San Siro, com os Colchoneros pressionando o time de casa. Os visitantes logo reclamaram de lance polêmico aos oitos minutos. Raúl García recebeu cruzamento, subiu para cabecear, mas foi tocado e caiu. O meia pediu pênalti, mas o árbitro ignorou.

Entretanto, o Milan mostrou a força de jogar em casa logo aos 14 minutos. Kaká fez bela jogada pelo lado direito e arriscou, de pé esquerdo, um petardo para o gol. A bola desviou no defensor do Atlético, acertou o travessão e foi parar na linha de fundo. Na cobrança de escanteio, nenhum perigo para os visitantes. O capitão do Milan levantou a torcida Rossonero.

Diego Costa cabecei para fazer o gol da vitória do Atletico sobre o Milan%2C no San SiroReuters

Aos 17, o Milan novamente chegou com perigo. Em cruzamento de Taraabtz pela direita, Poli cabeceou sozinho, mas Courtois conseguiu salvar com a ponta dos dedos, e a bola ainda tocou na trave.

Em pouco tempo o jogo esquentou. Aos 18, Insúa deu carrinho em De Siglio e foi punido com cartão amarelo. O lateral direito do Milan teve que dar lugar à Abate por causa da entrada dura. Quatro minutos depois foi a vez de Godín fazer falta em Balotelli e também tomar cartão.

O Milan é superior no primeiro tempo. Aos 30, quase abriu o placar. Balotelli recebeu lançamento logo, dominou quase na linha de fundo e tocou de calcanhar para a chegada de Kaká. O brasileiro emendou direto, mas a bola foi por cima do gol.

Aos 35, foi a vez do Atletico assustar o Milan. Em cruzamento rasteiro pela direita, a bola passa pela pequena área e quase sobra para Diego Costa só tocar para o gol vazio. Mas Abate cortou para escanteio. Na cobrança, Godín subiu bem e cabeceou, mas Abbiati fez defesa tranquila.

Os dois times voltaram para a segunda etapa sem modificações. Logo Aos seis minutos, um lance lindo. Diego Costa recebeu cruzamento de Juanfran e, com espaço, tentou uma bicicleta. A bola subiu muito, mas a categoria do brasileiro assustou o Milan.

Aos 15, Kaká apareceu de novo. O brasileiro deu uma caneta no marcador e chutou em diagonal. A bola saiu pela direita do goleiro Courtois. No lance seguinte, o zagueiro Bonera fez falta dura em Diego Costa e recebeu cartão amarelo. Aos 30, o Atletico chegou com perigo. Raúl Garcia chutou bem, mas a bola passou por cima do gol.

Os Colchoneros dominavam a partida e foram compensados. Em escanteio, o lateral Abate tentou se desfazer da bola, mas ela subriu e Diego Costa, mesmo atrapalhado pela marcação do Miranda, conseguiu cabecear para o fundo do gol. O Atlético abria o placar aos 38 do segundo tempo.

O Milan foi atrás do empate, mas os espanhóis se trancaram. Os torcedores rubro-negros começaram a sair do San Siro. No último lance do jogo, o volante Gabi teve a chance de aumentar o marcador, em cobrança de falta na entrada da área adversário. Entretanto, o número 14 cobrou na barreira.

Os dois times voltam a se enfrentar no dia 11 de março, no Vicente Calderón. Com a vitória desta quarta-feira, o Atlético vai tem vantagem do empate no confronto e ainda vai jogar em casa.

Últimas de Esporte