Gatilho afiado! Marcelinho dá show e fatura o Torneio dos 3 Pontos

Ala do Flamengo quebra recorde e mostra por que é o maior cestinha da história do NBB

Por O Dia

Ceará - Marcelinho justificou o posto de maior cestinha da história do NBB e do atleta que mais acertou bolas longas (632 arremessos certeiros). Nesta sexta-feira, o ala do Flamengo faturou o Torneio dos 3 Pontos, um dos eventos do Jogo das Estrelas, em Fortaleza.

Marcelinho, na verdade, deu show. Ele foi praticamente impecável na final e cravou 23 pontos, recorde do evento, superando Jefferson, de São José.

"Eu me preparo para isso, para tentar quebrar recorde, superar o adversário, fazer meu melhor, superar limites e alcançar o máximo", contou.

Aos 38 anos, o ala coleciona mais um prêmio na carreira. E avisa que não pretende por aí.

"Com este, eu tenho dez troféus em casa, contando MVP, melhor ala, essas coisas. Espero que venha pelo menos mais um no ano que vem, como este de 3 Pontos. Quem sabe amanhã um MVP? Vamos ver."

Marcelinho brilhou em evento desta sexta-feiraDivulgação

A competição

Matheus, do Basquete Cearense, iniciou o desafio e fez 14 pontos. Ala-pivô de São José, Jefferson fez 16 pontos. Um dos craques do Pinheiros, Shamell cravou 15 pontos.

Depois foi a vez de Fernando Fischer, de Bauru. O ala anotou 11 pontos. Maior gatilho da história do NBB, Marcelinho, do Flamengo, cravou 20 pontos e ainda foi comemorar com Olivinha, companheiro de time que assistia de perto.

Na sequência, Robert Day, ala de Uberlândia, marcou 13 pontos. Campeão de 2013, o jovem Matheus Dalla, de Limeira, marcou 12 pontos e ficou fora da final.

>>> LEIA MAIS: DeVon fatura Torneio de Enterradas>>> LEIA MAIS: Nezinho surpreende e destrona Fernando Penna>>> LEIA MAIS: Vitória em família durante evento do Jogo das Estrelas

Na decisão, um duelo entre Marcelinho e Jefferson. Os dois foram campeões da primeira edição do NBB.

Na final, Marcelinho marcou 23 pontos, errando apenas quatro arremessos ao todo, novo recorde do torneio. Jefferson anotou apenas 10 e viu o maior cestinha da história do NBB levar a melhor.

O Torneio dos 3 Pontos

Na primeira parte, cada jogador teve 60 segundos para realizar 25 arremessos de longe utilizando os cinco carrinhos (com cinco bolas cada - a colorida valia dois pontos, as demais, um ponto) espalhados pelo perímetro. Os dois melhores avançaram para a final, no qual o roteiro foi repetido.

* O repórter viaja a convite da organização do evento

Últimas de Esporte