Morre Mário Travaglini, ex-treinador de Vasco, Flu, Corinthians e Palmeiras

Líder da democracia corintiana, Travaglini morreu devido a complicações respiratórias provenientes de um câncer

Por O Dia

São Paulo - Na noite desta quinta-feira, o futebol perdeu um de seus grandes ícones. Mário Travaglini, ex-treinador, faleceu aos 81 anos, em São Paulo. Desde o dia 6 de janeiro, ele estava internado no Hospital São Camilo.

"Foi importante, porque, além de ser grande treinador, também ajudou muito o sindicato do treinadores. Foi importante para o futebol brasileiro. Além de treinar, ajudou demais muita gente na formação de profissionais. É uma grande perda. Mas ele estava sofrendo faz tempo. A gente estava acompanhando, um pouco longe, ele estava sofrendo com essa doença. Acho que descansou", disse o treinador do São Paulo, Muricy Ramalho, nesta quinta-feira, no final do jogo do Tricolor.

Segundo boletim médico, a causa da morte foram complicações respiratórias provenientes de um câncer. Na carreira de treinador, Travaglini fez trabalhos marcantes tanto no Rio quanto em São Paulo. O mais marcante foi entre 1982 e 1983, período em que era o comandante do Corinthians, durante o período da Democracia Corintiana.

No Timão, venceu o Campeonato Paulista de 1982. Pelo arquirival Palmeiras, o Paulista de 1966 e o Brasileiro de 67, com a "Academia de Futebol" do Palestra. No Rio, foi bi-campeão Carioca, um título com o Fluminense outro com o Vasco. No time da Colina, Travaglini, além de vencer o Brasileiro de 1974, ainda lançou Roberto Dinamite no time profissional. Outro que chegou ao time principal pelas mãos do treinador, foi o ex-centroavante, Walter Casagrande.

No Twitter, o Corinthians lamentou a morte de seu ex-técnico. "Técnico da Democracia Corinthiana, Mário Travaglini estará eternamente dentro de nossos corações. Obrigado por tudo! Descanse em paz! #Luto", tuítou.

O enterro de Travaglini será às 17h (de Brasília) desta sexta-feira no Cemitério do Araçá, entre os bairros do Pacaembu e Pinheiros, na região das Clínicas, São Paulo.

Em 2008, teve lançada uma biografia: "Mário Travaglini - da Academia à Democracia", de Márcio Trevisan e Helvio Borelli.

Últimas de Esporte