Nezinho supera pressão e destrona Fernando Penna no Desafio de Habilidades

Armador de Brasília estraga a festa do ginásio que torcia para Brandon Brown, do Basquete Cearense

Por O Dia

Ceará - Acostumado com a pressão da torcida adversária, Nezinho não se importou com ao ver os fãs do Basquete Cearense apoiarem Brandon Brown, armador do time. O americano bem que tentou, mas viu Nezinho ser impecável e ficar com o troféu do Desafio das Habilidades, um dos eventos do Jogo das Estrelas do NBB.

Além de desbancar Brown, Nezinho destronou Fernando Penna, até então o tricampeão do evento.

Nezinho venceu o Desafio de HabilidadesDivulgação

A competição

Empurrado pela torcida, Brandon Brown começou o torneio com tudo e cravou o circuito com 22 segundos, para delírio dos torcedores do Basquete Cearense.

Gustavinho, do Mogi das Cruzes, teve problemas para acertar a bola de três e completou a etapa em 30 segundos.

Armador de Minas, Elinho conseguiu superar Gustavinho e fez o tempo de 28 segundos.

O americano Jamaal, de Macaé, perdeu tempo nos passes picado e de peito, conseguindo realizar a tarefa em 29 segundos.

Dawkins, do Paulistano, perdeu ainda mais tempo no passe peito, fazendo a prova em 32 segundos.

>>> LEIA MAIS: DeVon fatura Torneio de Enterradas
>>> LEIA MAIS: Marcelinho brilha e fatura Torneio dos 3 Pontos
>>> LEIA MAIS: Vitória em família durante evento do Jogo das Estrelas

Nezinho, de Brasília, por pouco não acabou com a festa de Brandon Brown. Ele se enrolou na hora da última bandeja, perdendo dois segundos vitais. O armador cravou 24 segundos. A torcida comemorou ao ver o vacilo de Nezinho.

O argentino Laprovittola, do Flamengo, vacilou na bola de três pontos. No fim, cravou 39 segundos.

Neto, do Palmeiras, cravou a marca de 29 segundos. Ele se enrolou no passe picado e no tiro longo.

O último a entrar em quadra foi Fernando Penna, tricampeão do Desafio de Habilidades. A cada erro do armador de Goiânia, a torcida comemorava. Ele fez o circuito em 36 segundos e ficou fora da final.

Na decisão, Nezinho começou com tudo. Ele nem se importou com a torcida contra e fez o tempo de 23 segundos.

Brandon Brown se enrolou na bola de três. Com uma cravada, ele encerrou o circuito em 36 segundos e levantou o público. O título, porém, ficou com Nezinho.

Desafio de Habilidades

Os atletas percorriam um circuito em que precisavam executar um drible entre as pernas, por trás do corpo, bater bola com as duas mãos e fazer passe picado. Tudo isso entre acertar uma bandeja e um arremesso de três pontos e, claro, completar o percurso no menor tempo possível.

* O repórter viaja a convite da organização do evento

Últimas de Esporte