Por pedro.logato

Grécia - Com uma desvantagem de 15 pontos para o líder do Campeonato Inglês e eliminado das duas copas nacionais, o Manchester United viu sua situação na temporada 2013-2014 se complicar na Liga dos Campeões, torneio que espera transformar em sua tábua de salvação, ao perder para o Olympiacos por 2 a 0 nesta terça-feira em jogo de ida pelas oitavas de final. Domínguez e Campbell, com um gol em cada tempo no duelo disputado no estádio Karaiskakis, em Piraeus, aumentaram o inferno astral dos 'Diabos Vermelhos' na primeira temporada sob o comando de David Moyes, sucessor daquele que é considerado por muitos como o maior técnico da história da equipe, Alex Ferguson.

Para a temperatura não ficar ainda mais quente em Manchester, o time precisará levar a melhor na partida de volta, no dia 19 de março, no estádio Old Trafford, por três gols de diferença. Já o Olympiacos, que caminha firme rumo a mais um título grego, quebrou um pequeno jejum ao se tornar o primeiro time que disputa as oitavas desta edição da Liga a triunfar em casa.

Equipe inglesa acabou derrotada na GréciaReuters

Na semana passada, as equipes que atuaram fora venceram e não levaram gols. O Barcelona bateu o Manchester City por 2 a 0, o Paris Saint-Germain superou o Bayer Leverkusen por 4 a 0, o Bayern de Munique derrotou o Arsenal também por 2 a 0, e o Atlético de Madrid despachou o Milan por 1 a 0. Hoje, o Borussia Dortmund fez 4 a 2 no Zenit São Petersburgo na Rússia.

Os dois principais desfalques do United não foram ausências por lesão, mas sim por não estarem inscritos pela equipe no torneio. Juan Mata já defendeu o Chelsea na Liga, enquanto Adnan Januzaj não foi regularizado por opção do técnico David Moyes. No Olympiacos, o ataque foi totalmente diferente do escalado na fase de grupos. O artilheiro Konstantinos Mitroglou, autor de três gols na campanha da classificação, foi negociado com o Fulham, enquanto Javier Saviola se machucou no último sábado, na goleada sobre o OFI Creta por 4 a 0, pelo Campeonato Grego.

Como o lateral Rafael, do Manchester, ainda não se mostrou recuperado de uma concussão, o único brasileiro em campo foi Leandro Salino, ex-Flamengo, que atuava como volante no país, mas agora é lateral-direito. O time da casa tomou a iniciativa no começo e levou perigo à defesa visitante aos sete minutos de bola rolando. Domínguez acelerou pelo meio, invadiu a área e bateu forte. Vidic se jogou na bola e bloqueou o chute. O United esboçou uma pressão na sequência, mas não criou chances de verdadeiro perigo contra a meta do goleiro Roberto.

A melhor finalização foi de Cleverley, que aos 17 minutos pegou de escanteio cobrado por ele mesmo e encheu o pé por cima do travessão. Embora tivesse menor posse de bola, o Olympiacos era mais efetivo no setor ofensivo. Aos 25, Pérez levou com habilidade e velocidade da esquerda para o meio e finalizou rasteiro, à direita do alvo. Pelo nível do futebol apresentado pelas duas equipes, o resultado mais justo para o primeiro tempo seria o 0 a 0, mas Domínguez impediu que isso acontecesse. Aos 37 minutos, Maniatis teve espaço pelo meio e bateu forte em direção ao canto esquerdo. O argentino desviou levemente com o pé direito, mudou a rota da bola e "matou" o goleiro, que foi pego no contrapé.

A baixa qualidade técnica da etapa inicial foi compensada em apenas um lance logo depois do intervalo, no qual os donos da casa aumentaram a vantagem. Campbell foi acionado no meio, rolou a bola entre as pernas de Vidic e chutou com muita categoria no canto direito baixo, tirando de De Gea. Com a confiança em alta e com o adversário abatido, o Olympiacos colocava o United na rodada e se mantinha no ataque. Aos 19, Olaitán dividiu pelo alto e Maniatis chegou chutando para fora. Dois minutos depois, após boa troca de passes, o próprio Olaitán arriscou da entra da área e mandou perto do ângulo esquerdo. Atordoada e abatida em um primeiro momento, a equipe inglesa foi para o sufoco nos minutos finais, e Van Persie teve tudo para diminuir aos 36. O holandês dominou na área, tirou de Manolas e concluiu encobrindo o travessão. Na última boa tentativa dos visitantes, na base do abafa, Welbeck desceu pela esquerda e tocou prensado. Van Persie se posicionou bem, mas não conseguiu o arremate.

Você pode gostar