Por rodrigo.hang

Inglaterra - O atacante Nicolas Anelka, do West Bromwich, foi suspenso por cinco partidas pela Federação Inglesa de Futebol (FA). O francês fez gestos considerados antissemitas durante partida do seu time.

Anelka comemora seu gol com gesto polêmicoReuters

No jogo entre sua equipe e o West Ham, no dia 28 de dezembro de 2013, pelo Campeonato Inglês, o camisa 39 marcou um dos gols, no empate de 3 a 3. Na comemoração, fez o polêmico gesto.

A entidade máxima do futebol inglês designou uma comissão disciplinar para estudar o caso. O atleta pode recorrer à sentença. Entretanto, Anelka terá que pagar uma multa no valor de 97,3 mil euros, cerca de R$33 mil, além de se comprometer a frequentar um curso de reeducação.

Contestado por ter insultado a memória do Holocausto, o jogador de 34 anos disse, no Twitter, que não teve a pretensão de ofender ninguém e que dedicou o gol ao amigo francês Dieudonné (comediante que tem o hábito de ridicularizar judeus em seus espetáculos).

Na França, o gesto que o jogador fez é chamado de "quenelle", que seria uma "saudação nazista invertida".

Nascido em Versailles, na França, em 1979, Anelka resolveu se converter ao islamismo em 2004 e adotou o nome Abdelsalam Bilal. O atacante começou sua carreira no Paris Saint-Germain, em 1996, e teve passagens por grandes clubes europeus, como Arsenal Real Madrid, Liverpool, Manchester City, Chelsea e Juventus. Ele está no West Bromwich desde 2013. 

Você pode gostar