Por victor.abreu

Inglaterra - A expulsão de Vicent Kompany com apenas dez minutos de jogo passou a impressão de que o Manchester City teria vida dura diante do Hull City neste sábado, fora de casa, mas a equipe do técnico Manuel Pellegrini obteve uma vitória tranquila por 2 a 0 e reassumiu a vice-liderança do Campeonato Inglês.

Atacante Bósnio%2C Edin Dzeko%2C comemora o segundo gol do City na partidaReuters

Logo no começo da partida no estádio The Kingston Communications, Kompany foi desarmado por Nikica Jelavic, cometeu falta no adversário, que seguia rumo à área, e recebeu cartão vermelho direto. Porém, os 'Citizens' não sentiram o golpe e saíram em vantagem aos 14 minutos do primeiro tempo, em lindo chute de fora da área de David Silva.

O time visitante continuou melhor, e poderia ter ampliado aos 27 minutos da etapa final, quando Fernandinho entrou livre na pequena área, mas chutou mal de pé esquerdo e mandou rente à trave. Coube então a Dzeko, aos 45, receber de Silva e bater no canto para marcar o segundo.

O resultado levou o City a 60 pontos, seis a menos que o líder Chelsea, que já disputou duas partidas a mais. Liverpool, agora em terceiro lugar, e Arsenal, em quarto, somam 59 pontos cada.

Você pode gostar