Chelsea ignora jogo mil de Wenger no Arsenal e goleia rival com histórico 6 a 0

Blues fazem partida perfeita no clássico de Londres e segue na ponta do Inglês, com 69 pontos, sete a mais que os Gunners

Por O Dia

Inglaterra - O técnico francês Arsene Wenger, que completa neste sábado mil jogos à frente do Arsenal, não esperava um presente de grego na data comemorativa. Os Gunners visitaram o Chelsea no Stamford Bridge, em partida válida pela 31ª rodada do campeonato inglês e levou uma goleada histórica: 6 a 0. Faltando apenas sete rodadas para o fim da competição, a vitória deixou os Blues ainda mais próximo do título. O time de Mourinho, desafeto de Wenger, soma 69 pontos, sete a mais que o Arsenal. 

Schürrle comemora com os companheiros o segundo gol do Chelsea na goleada de 6 a 0 sobre o ArsenalEfe

O começo de partida foi avassalador para o Chelsea. Logo as quatro minutos, Schürrle puxou contra-ataque e viu Eto'o livre. O camaronês driblou o adversário e abriu o placar. Dois minutos depois, mais um golpe dos Blues no clássico de Londres. Schürrle saiu novamente em contra-ataque, arrancou sozinho e chutou na saída de Szczesny, marcando o segundo gol do jogo.

Aos nove minutos, Eto'o sentiu dores na coxa e pediu para ser substituído. Mourinho colocou Fernando Torres, que teve ótima atuação na partida. Foi espanhol que, aos 14, rola para Hazard, que dentro da área, chuta forte para o gol do Arsenal. O meia Chamberlain, quase em cima da linha, se jogou e impediu, com a mão esquerda, que a bola entrasse. O árbitro demorou mas marcou o pênalti. Ao invés de expulsar o jogador que cometeu a penalidade, expulsou o latera-esquerdo Gibbs. O craque belga Hazard foi para a cobrança e converteu: 3 a 0 em apenas 16 minutos. Antes do fim do primeiro tempo, o Chelsea ainda fez mais um. Fernando Torres recebeu bom passe na direita, foi à linha de fundo e tocou rasteiro para Oscar marcar o quarto. 

No começo da segunda etapa, o Arsenal tentou chegar ao gol de honra. Trocando passes com calma, Cazorla teve boa oportunidade ao 14. O chute saiu sem perigo para o goleiro Cech. Jogando bem desde o começo da partida e com um jogador a mais desde os 15 minutos do primeiro tempo, o Chelsea voltou a dominar o clássico. Em bom lance do setor ofensivo dos Blues, aos 21, Oscar recebeu a bola na entrada da área, girou e fez o quinto gol do seu time, o segundo dele no jogo. Foi substituído por Salah logo apósa comemoração. Quatro minutos depois, veio o golpe fatal. O egípcio que entrou no lugar do camisa 11 recebeu a bola de costas, passou pelos marcadores e tocou na saída do goleiro do Arsenal.

Esta foi a maior goleada do Chelsea sobre o Arsenal na história do confronto. A vitória também apontou os Blues como os favoritos na briga pelo título inglês. Na próxima rodada, o time comandado por Mourinho enfrenta o Crystal Palace, no Selhurst Park, enquanto a equipe de Wenger recebe o Manchester City no Emirates Stadium. 

Últimas de Esporte