Por rafael.arantes

São Paulo - A Portuguesa voltou a perder uma batalha na Justiça. O Tribunal de Justiça de São Paulo negou, por unanimidade, o recurso do Ministério Público que colocava o clube na Série A dO Brasileirão deste ano. A CBF, que era obrigada pelo recurso, a incluir a Lusa no torneio, não terá que voltar atrás em princípio. O julgamento, no entanto, vai à segunda instância.

Escalação irregular de Héverton fez a Lusa ser rebaixada para a Série BDivulgação

A decisão, contudo, não derruba a liminar obtida pela Lusa na 43ª Vara Cível de São Paulo. A decisão da semana passada e a ação movida pela CBF contra o clube não possuem relação com a decisão do TJ.

A expectativa da Portuguesa é de conseguir a permanência na Série A na Justiça Comum. O clube já afirmou que pretende levar o caso até a última instância possível.

Você pode gostar