Por ulisses.valentim

Itália - O diretor esportivo da Ferrari, Stefano Domenicali, apresentou nesta segunda-feira sua renúncia da equipe italiana, segundo anunciou em uma nota. No comunicado, o diretor esportivo de Ferrari, que está no cargo desde 2008, explicou que sua decisão foi tomada para dar "uma mudança radical na escuderia", após os últimos anos de resultados ruins. Além disso, a Ferrari anunciou como novo diretor esportivo Marco Mattiacci, presidente e executivo-chefe da Ferrari na América do Norte.

"Há momentos na vida profissional de um na qual se deve ter a coragem de tomar decisões difíceis e sofridas. É a hora de dar uma mudança importante. Como chefe assumo a responsabilidade da situação que estamos vivendo e se trata de uma decisão tomada para dar uma mudança radical a nosso ambiente e pelo bem de nosso grupo, ao qual estou muito unido", explicou Domenicali.

Stefano Domenicali está de saída da FerrariDivulgação

Dominicali agradeceu a todos os funcionários da equipe a aos pilotos "a magnífica" relação que construiu no tempo em que trabalhou na escuderia e desejou que a Ferrari possa "chegar aos níveis dos últimos anos". O presidente da Ferrari, Luca Cordero di Montezemolo, aceitou a demissão de Domenicali e agradeceu "sua constante contribuição e empenho" e o "grande sentido de responsabilidade que soube demonstrar até hoje, colocando o interesse de Ferrari acima do seu".

Domenicali substituiu em 2008 o francês Jean Todt à frente da gestão esportiva da Ferrari, onde já trabalhava desde 1991, primeiro no setor administrativo e depois por vários departamentos, como chefe de logística ou da relação entre a equipe e as autoridades esportivas.

Você pode gostar