Coluna Mata-Leão: A cereja no bolo de Yan Cabral

Lutador quer comemorar os 31 anos com vitória no UFC Fight Night 40

Por O Dia

Rio - Escolha um trabalho que você ame e não terá de trabalhar um único dia de sua vida.’ A frase de Confúcio cai como uma luva para boa parte dos lutadores de MMA. Estar dentro do octógono é uma diversão e também um prazer para Yan Cabral, por mais que o treino seja duro ou sacrificante. Por isso, comemorar 31 anos três dias depois do UFC Fight Night 40, no sábado que vem, em Cincinnati (EUA), é oportunidade de conquistar a melhor dádiva que o esporte pode lhe dar: a vitória.

“Para ter esse presente, a busca começou há três meses e estou pronto para defender a Nova União e o Brasil lá fora. É vencer, me presentear e subir mais um degrau na categoria”, diz o meio-médio.

Yan Cabral vai comemorar 31 anos após o UFC Fight Night 40Divulgação

Invicto há 11 lutas, o ex-TUF Brasil mantém a cabeça no lugar. Zak Cummings é perigoso e o terreno pode ser hostil. A comemoração virá no tempo certo. “Após a luta, vou tirar uns dias de férias com minha namorada em Miami. Mas antes, tenho que vencer. Não sou mais garoto, não vou dar mole”, completa Yan, convicto

Ring Girl é destaque

Com a ex-BBB Vanessa Mesquita como atração principal, o Jungle Fight 69 chega a Itu, hoje, às 20h30, e ainda brinda o torcedor paulista com a disputa de cinturão até 57kg, entre Rayner Silva e Nildo Katchal. O Combate transmite.

Mineiro à disposição

Lutar em São Paulo é sonho antigo de Lucas Martins. O mineiro de Montes Claros subiu aos penas e se põe à disposição caso alguém se lesione no TUF Brasil 3 Finale, dia 31, na cidade que o acolheu: “Estou de stand by, é só chamar.”

Copa do Mundo

Campeão da 2ª edição do TUF Brasil, Léo Santos não perde um episódio da briga Sonnen x Wand e quer a Copa do Mundo com os vencedores do reality: “Seria bom para o UFC, que busca desafios.”

Últimas de Esporte