Cockpit: Mercedes e Hamilton estão imbatíveis

Equipe inglesa tem cinco vitórias, quatro dobradinhas, e cinco poles em cinco corridas

Por O Dia

Espanha - Cinco vitórias, quatro dobradinhas e cinco poles em cinco corridas. A Mercedes tem o mesmo desempenho avassalador de dois carros históricos: a McLaren de 88 e a Williams de 92, e até supera o famoso dream team formado por Ayrton Senna e Alain Prost que ‘só’ conseguiu três dobradinhas. Resta saber se terá condições de bater o recorde de 15 vitórias em 16 GPs em 88.

O inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, lidera o Mundial de Fórmula 1 com 100 pontosEfe

Diria que não é impossível pelo que vimos na Espanha. Apesar de evoluírem, os rivais continuaram muito atrás e a corrida foi um tédio até as voltas finais, quando as Mercedes lutaram pela vitória. Rosberg tentou estratégia diferente, assim como no Barein.

Desta vez a disputa não foi roda a roda, mas o fim foi o mesmo: Hamilton, com pneu mais lento, andou no mesmo ritmo do companheiro e evitou a aproximação. Com a quarta vitória seguida — um recorde pessoal —, Hamilton assumiu a liderança do Mundial e, do jeito que está pilotando e bem de cabeça, não deve perder mais. Se não fosse o problema no carro na estreia, já teria disparado.

O tetracampeão ressurgiu ?

A RBR foi quem mais evoluiu. Vettel fez grande corrida (de 15º para 4º) e pode dar algum trabalho às Mercedes. Mas a concorrência segue dura com Ricciardo, que conseguiu o primeiro pódio.

Mal de novo e muito atrás

Massa pagou caro pelo erro na classificação e, com desgaste maior dos pneus na corrida, optou por tática equivocada de três paradas. Não pontuou e segue atrás de Bottas (5º). Péssimo.

No alto do pódio

Piloto de testes da Williams, Felipe Nasr desencantou e conseguiu ontem a primeira vitória na GP2 em três anos e 50 GPs. O brasileiro está em terceiro no Mundial.

Últimas de Esporte