Por rodrigo.hang

Santa Catarina - Após seis rodadas sem vitória no Campeonato Brasileiro, a Chapecoense demitiu o técnico Gilmar Dal Pozzo. O clube comunicou o treinador na manhã desta sexta-feira, dois dias antes do confronto contra o Palmeiras, na Arena Condá, em jogo válido pela sétima rodada da principal competição nacional.

Apesar do histórico positivo na clube, Gilmar não resistiu ao péssimo começo no BrasileirãoAguante Comunicação / Divulgação

Gilmar chegou ao time da cidade de Chapecó em setembro de 2012. O comandante se destacou ao levar a equipe à conquista do acesso para a Série B em 2012 e para a Série A, em 2013. 

O presidente da Chapecoense, Sandro Pallaoro, revelou que a decisão por tirar Gilmar do cargo não foi fácil, pela identificação do treinador com o clube. O mandatário fez elogios ao profissional e enalteceu a passagem do técnico pelo time. 

"Ele era um cara comprometido com o clube, dificilmente conseguiremos alguém melhor. Ele foi o maior treinador da história do clube", declarou.

Lanterna do Brasileirão, a Chapecoense tem apenas dois pontos conquistados e nenhuma vitória. 

Você pode gostar