UFC confirma revanche entre Jon Jones e Gustafsson para setembro no Canadá

Sueco vai ter a chance de enfrentar novamente o campeão dos meio-pesados

Por O Dia

Estados Unidos - O sueco Alexander Gustafsson foi o lutado do UFC que chegou mais próximo de tirar o título dos pesos meio-pesados das mãos de Jon Jones. E o europeu vai ter uma nova chance. O UFC divulgou que os dois lutadores vão fazer uma revanche, no evento previsto para acontecer em Toronto, no Canadá.

Jon Jones e Gustafsson farão revanche em setembroiG

"Nunca houve nenhum problema com o contrato. Eu estava viajando e finalmente cheguei a Vegas para conversar com Dana (White, presidente do UFC) e Lorenzo (Fertitta, co-proprietário do Ultimate). Conversamos e, em 27 de setembro, vou enfrentar Gustafsson", disse o campeão do Ultimate.

O americano ainda provocou o rival dizendo que considera Daniel Cormier, um lutador mais duro que o sueco e por conta disso, estava preferindo enfrentar o compatriotra em sua próxima luta.

Veja mais notícias, lutas e bastidores: tudo do mundo do MMA

"Eu acho que Cormier é o lutador mais difícil, mas os fãs querem me ver contra Gustafsson. Nunca tive nenhum problema em aceitar a luta com Gustafsson. O meu problema é que meu irmão vai se casar em julho e eu preferia fazer numa data mais tarde (originalmente, o UFC propôs o combate para 30 de agosto). Não queria lutar tão cedo, e preferiria lutar em outubro ou novembro. Mas é o que é. Temos uma data agora, 27 de setembro. Foi uma decisão pessoal para mim. Vou ao casamento do meu irmão e ter um camp de treinamento apropriado", disse.

Caso não existam mudanças, a revanche acontecerá no mesmo local onde Jones e Gustafsson se enfrentaram pela primeira vez, em 21 de setembro de 2013. Na ocasião, o sueco surpreendeu ainda no primeiro round ao se tornar o primeiro homem a fazer "Bones" ter uma queda. A luta foi parelha e Gustafsson estava em vantagem ao final do terceiro round, mas o campeão se recuperou nos dois rounds finais e conseguiu a vitória por decisão unânime, apesar de muitos fãs terem discordado do resultado. A luta foi eleita a melhor de 2013 no World MMA Awards, o "Oscar do MMA", e considerada uma das melhores de todos os tempos no UFC.

Últimas de Esporte