Caso Neymar: Revista masculina é intimada a suspender edição de junho

Justiça notificou a editora 'Abril' e exigiu a suspensão da venda

Por O Dia

Rio - Um semana depois depois de ter conseguido uma vitória na Justiça sobre a revista 'Playboy', por ter utilizado o seu nome em uma matéria de capa, Neymar declarou em seu site oficial que a intimação da 3ª Vara Cível de São Paulo determinou nesta quarta-feira a suspensão imediata das vendas da edição de junho da publicação.

LEIA MAIS: Neymar vence ação na Justiça e revista terá sua venda suspensa

Patrícia Jordane foi a edição de junho da 'Playboy'Divulgação

A capa da 'Playboy' de junho tem como personagem Patrícia Jordane, que afirma ter tido um relacionamento com Neymar. Em uma nota oficial, o craque afirmou que o fato não é verdade e que seu nome estaria sendo usado indevidamente pela revista.

Confira a nota na íntegra do site oficial de Neymar:

"Em prosseguimento ao noticiado por nós em 25/06, informamos que a Abril Comunicações S/A, editora da Revista Playboy foi oficialmente intimada hoje (01/07) da decisão liminar da 3ª Vara Cível da Comarca de São Paulo que determinou a suspensão imediata da edição e venda de novos exemplares da edição de Junho de 2014 desta revista."

Últimas de Esporte