Cherne de 157 kg é pego no litoral do Rio de Janeiro

Consultor de empresas foi o responsável por fisgar o peixe

Por pedro.logato

Rio - O consultor de empresas Wagner Moreira da Silva, de 59 anos - e pescador amador nas horas vagas -- teve seu dia de sorte no mar e fisgou um cherne gigante de 157kg e 1,72m de comprimento no litoral carioca. A proeza aconteceu em pesca oceânica a bordo da lança Mr. Fishing, do capitão Alexandre Antunes, no início do mês. O pescador disse ter levado quase 2 horas de briga para "embarcar o bichão" e que contou com ajuda de amigos no barco.

Cherne de 157 kg foi fisgado por WagnerReprodução Internet

"Por causa do esforço, fiquei com problema na coluna até hoje. Mas valeu pela grande emoção", disse o sortudo, que festejou o feito deitado ao lado de peixe na embarcação.

Apesar do tamanho do peixe, Wagner não conseguiu bater o recorde mundial. A marca ainda pertence a um pescador americano da Flórida (EUA) que fisgou cherne de 198,1kg, em 1995.
Da família dos Epinephelidae (nome científico), o cherne-queimado pode atingir mais de 2 metros e 250 quilos.

O consultor-pescador disse que faz pescas oceânicas desde 2008 com um grupo de amigos e garante que esse foi o seu maior 'troféu'.

A foto de Wagner ao lado do cherne, junto a de outros pescadores, está na coluna Iscas & Anzóis que volta a ser publicada nesta sexta-feira (18/07) no Ataque, após o recesso com a Copa do Mundo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia