Desejado pelo Sport, Riquelme é apresentado no Argentinos Juniors

Ídolo eterno do Boca Juniors assina com clube que o revelou

Por O Dia

Argentina - Um dos maiores ídolos da história do Boca Juniors, Juan Roman Riquelme deixou a equipe para fechar com o Argentino Juniors, clube também de Buenos Aires, em que jogou nas divisões de base, de 1992 a 1995, antes de fechar com o Boca e atuar profissionalmente em 1996. O meia chegou a ser sondado pelo Sport, mas as negociações não avançaram. Riquelme já foi apresentado pelo novo time e recebeu a camisa 10. 

Riquelme foi apresentado oficialmente no Argentinos JuniorsDivulgação

O Argentinos Juniors está na segunda divisão argentina. Com contrato de 18 meses, Riquelme terá a responsabilidade de comandar o time rumo a elite nacional. Durante a apresentação, o jogador de 36 anos não escondeu a alegria por poder voltar ao clube.

"Saí do clube quando eu tinha 18 anos e hoje eu tenho sorte de voltar aqui. É um dia muito especial para mim e para a minha família", disse o meia, que elogiou o novo técnico, Claudio Borghi.

"A partir de hoje, o melhor treinador da Argentina está ao meu lado e ele vai nos levar a primeira divisão. Acreditamos que em poucos meses vamos estar de volta e o carinho que temos por este clube vai estar a favor de nós", comentou.

Além de Boca e Argentinos, Riquelme também jogou no Barcelona e no Villareal. Não viveu bom momento no clube catalão, mas no Submarino Amarelo se tornou ídolo da torcida. No entanto, foi no Boca que fez história, conquistando três Libertadores (2000, 2001 e 2007), um Mundial (2000), seis Campeonatos Argentinos, entre outros títulos e prêmios individuais. 

Pela seleção da Argentina, a principal conquista foi a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de 2008, em Pequim. Riquelme jogou apenas uma Copa do Mundo, a de 2006, na Alemanha, quando a equipe comandada por José Pekerman foi eliminada nas quartas de final, nos pênaltis, pelos anfitriões. 

Últimas de Esporte