Por fabio.klotz

Rio - Olivinha está em casa na Seleção. Após cinco anos, o ala-pivô voltou a vestir a camisa verde e amarela e é um dos líderes do elenco no Sul-Americano, na Venezuela, na busca por vaga no Pan-Americano de Toronto, em 2015, e no Pré-Olímpico. A estreia brasileira é nesta quinta-feira, contra o Paraguai, às 19h. Um dos mais experientes do grupo, Olivinha assume a responsabilidade.

Olivinha assume a responsabilidade de ser um dos líderes da SeleçãoDivulgação / Willian Lucas / InovaFoto

"Fui convocado para ser um dos líderes dentro ou até mesmo fora de quadra, para essa garotada que está subindo. Sei que são experientes, mesmo com a pouca idade, mas sempre temos alguma coisa para passar e tranquilizar a garotada", disse o ala-pivô.

A última convocação de Olivinha para a Seleção foi em 2010, mas a lembrança que guarda com carinho foi a última partida em torneio oficial.

"Meu último jogo foi muito bom, em 2009, na final da Copa América contra Porto Rico lá na casa deles, ganhamos e fomos campeões. Essa lesão de 2010 foi muito triste mesmo, logo no início, numa disputa boba de bola, foi uma tristeza muito grande porque tinha feito um ótimo trabalho e por causa disso fiquei fora", recorda o ala-pivô.

A tristeza pelo corte em 2010 ficou para trás. Agora, Olivinha é só alegria. A presença de companheiros do Flamengo no dia a dia da Seleção ajuda. Além do ala-pivô, o ‘FlaBrasil’ é composto por Gegê, Benite e Felício, além do técnico José Neto, do auxiliar Rodrigo Silva e do preparador físico Diego Falcão.

"A questão de entrosamento ajuda muito, somos quatro jogadores entre 12 atletas. Nosso entrosamento está perfeito e cada um sabe onde o outro gosta de estar em quadra", afirma Olivinha.

José Neto%2C Rodrigo Silva%2C Diego Falcão%2C Gegê%2C Olivinha%2C Felício e Benite%3A 'FlaBrasil' no Sul-AmericanoDivulgação

O "FlaBrasil" vai enfrentar um conhecido: Nico Laprovittola, armador da Argentina e do Flamengo. O duelo será no sábado.

"Sabemos da qualidade do Nico, é um grande jogador, mas vamos tentar da melhor maneira fazer um grande trabalho e sair vitorioso para eu poder tirar uma onda com ele", projeta Olivinha.

Brasil, Argentina, Paraguai e Equador estão no Grupo A do Sul-Americano. Os três primeiros colocados do torneio se classificam para os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, em 2015. Os quatro primeiros garantem vaga no Pré-Olímpico das Américas.

Você pode gostar