Por rodrigo.hang

Espanha - A última temporada não foi boa para o Barcelona. Acostumado a grandes títulos, o clube catalão conquistou apenas a Supercopa da Espanha, diante do Atlético de Madrid. Xavi sabe que o nível do futebol espanhol aumentou, mas espera um recomeço dos Blaugranas, para retomar a rotina de vitórias.

Site espanhol diz que Barça procurou e ouviu 'não' do Real Madrid por Di María

Xavi elogiou os novos reforços do Barcelona para a temporada 2014/2015Reuters

"Queremos começar bem a temporada. A concorrência faz bem para o time, todos os jogadores são peças-chave, então todo mundo tem que estar preparado. Queremos ganhar pelo menos um título. Todos temos que estar preparados porque a temporada é muito longa, mas temos um nível extraordinário”, disse o espanhol, em entrevista coletiva.

'Ganhei o direito de ser respeitado um pouco mais no Barça', diz Daniel Alves

Formado nas "canteras" do Barcelona, Xavi quase se despediu do clube no mercado de transferências do futebol europeu. O camisa 6 teve uma conversa franca com o novo técnico da equipe, Luis Enrique, e decidiu permanecer, mas sabe que terá que treinar duro para assegurar uma vaga na equipe.

"Desde que entrei no Barcelona com 18 anos, sempre existiu uma forte concorrência. Vou trabalhar para ser importante na equipe, para ser útil e espero estar na equipe principal", disse Xavi, que fez elogios aos novos reforços do clube.

"As sensações são boas, acho que fizemos boas contratações em todos os setores. Estamos trabalhando bem e comissão técnica tem ideias claras. Nesta altura, a harmonia é fantástica", garantiu.

Capitão do clube catalão, o camisa 6 levantou o Troféu Joan Gamper Efe

Fifa rejeita apelação e Barcelona não poderá fazer contratações até 2016

Xavi também comentou sobre a possibilidade do Barcelona contratar o argentino Di María, jogador do arquirrival Real Madrid. O volante não acredita que a equipe do técnico Luis Enrique irá fundo buscar o time.

"Ele é um grande jogador, mas o fato é que ele é do Real Madrid neste momento. O passado tem mostrado que é sempre difícil para um jogador do Real Madrid ir para o Barcelona e vice-versa", finalizou.

Para a temporada 2014/2015, o Barcelona fechou com seis nomes: os goleiros Ter Stegen (ex-Borussia Mönchengladbach) e Claudio Bravo (ex-Real Sociedad), os zagueiros Thomas Vermaelen (ex-Arsenal) e Jérémy Mathieu (ex-Valencia), o meia Ivan Rakiti? (ex-Sevilla) e o atacante Luis Suárez (ex-Liverpool).

Você pode gostar